Tecnologia > Smartphones

Qualcomm acusa Apple de compartilhar segredos de patente com Intel

Em novo processo, fabricante de chip para smartphones alega que Apple violou termos de uso de software ao entregar informações sigilosas à sua concorrente

03 de Novembro de 2017 - 19h59

A batalha judicial entre Apple e Qualcomm parece estar longe de terminar. Em novo processo, a Qualcomm agora acusa a fabricante do iPhone de compartilhar código proprietário com uma de suas principais concorrentes, a Intel. As informações são da Bloomberg.

Na ação judicial, a Qualcomm sugere que a Apple desrespeitou os termos de licença de uso de um software que permite que os chips móveis se comuniquem com o restante do aparelho. Segundo ela, a Apple usou seu acesso privilegiado ao código do software para ajudar a Intel.

O novo processo é mais um de uma série de ações judiciais entre as duas companhias que começou em janeiro quando a Apple acusou a fabricante do chip Snapdragon de se aproveitar da condição de domínio de mercado para para cobrar taxas exorbitantes pelos seus royalties.

Atualmente, a Apple utiliza em seus telefones tanto os chips da Qualcomm quanto da Intel. Os chips da Qualcomm que a Apple utiliza são responsáveis por conectar o iPhone às redes celulares. 

Mas, segundo informações apuradas pelo Wall Street Journal, a Apple planeja abandonar os componentes da Qualcomm como um resultado da batalha judicial. Isso porque, de acordo com uma fonte próxima ao assunto, a Apple estaria desenhando iPhones e iPads para 2018 que não precisariam recorrer à propriedade intelectual da Qualcomm. Se a fabricante de processadores perder a Apple como cliente, isso significaria uma perda de 7,5% na receita, segundo estimativa da Bloomberg.