Tecnologia > Empregos

Para Sindpd, desoneração da folha pode gerar reflexos negativos na empregabilidade do setor de TI

Sindicato diz que graças à política de desoneração, o setor de TI foi um dos que mais conseguiu formalizar a sua mão de obra

30 de Março de 2017 - 17h30

O anúncio do governo de que vai acabar com a desoneração da folha de pagamentos pode gerar reflexos negativos na empregabilidade dos trabalhadores do setor TI. A avaliação é do Sindpd, sindicato dos trabalhadores em processamento de dados e tecnologia da informação, que diz ter recebido com tristeza e indignação a decisão da equipe econômica do governo Temer, anunciada na quarta-feira, 29.

Em comunicado, o Sindpd diz que "mais uma vez, medidas que alteram o nosso segmento foram tomadas de forma incorreta e sem levar em consideração as características da área de TI". "O corte na desoneração da folha revela uma insensibilidade da equipe econômica, que não analisou os resultados antes de tomar tal decisão. Na esteira dessa formalização, houve um grande aumento na arrecadação de impostos indiretos por parte do governo, o que praticamente anulou qualquer perda de receita que poderia ser ocasionada pela desoneração", diz a nota.

O sindicato diz esperar que os profissionais de TI não sejam mais uma vez "vítimas desse processo irresponsável e financista". "Somos uma categoria formada por trabalhadores capacitados e criativos, que geram tecnologia para praticamente todos os demais segmentos da economia. Merecemos respeito e reconhecimento", encerra a nota.