Negócios > Fusões e Aquisições

Palo Alto Networks anuncia aquisição da empresa israelense Secdo

Foco é aprimorar as capacidades de detectar e interromper rapidamente os ataques mais furtivos

11 de Abril de 2018 - 17h38

A Palo Alto Networks anunciou nesta quarta-feira (11/4) o acordo definitivo para adquisição da empresa israelense Secdo. A aquisição traz recursos sofisticados de detecção e resposta para endpoints (EDR), incluindo coleta e visualização de dados exclusivos para a proteção avançada Palo Alto Networks Traps e Application Framework. 

O foco, segundo a companhia norte-americana, é aprimorar as capacidades de detectar e interromper rapidamente os ataques mais furtivos.

A equipe de engenheiros da Secdo complementará a expertise em segurança e inovação de pesquisa e desenvolvimento da Palo Alto Networks. A abordagem de ameaças da empresa isralelense para coleta e visualização de dados vai muito além dos métodos EDR tradicionais, que apenas coletam logs gerais de eventos, limitando as equipes de operações de segurança ao tentar reconstruir cada etapa de um ataque e distinguir atividade maliciosa da normal. Uma vez integrados ao Traps e à plataforma Palo Alto Networks, essa rich data será inserida no Logging Service para entregar aos aplicativos em execução no Palo Alto Networks Application Framework mais precisão para visualizar, detectar e interromper ataques cibernéticos.

Mark McLaughlin, chairman e CEO da Palo Alto Networks, diz que a empresa acredita que as equipes de operações de segurança precisam da abordagem mais avançada e consistente para a segurança de endpoint. "Com os recursos de EDR da Secdo como parte de nossa plataforma, aceleraremos nossa capacidade de detectar e impedir ataques cibernéticos bem-sucedidos na nuvem, endpoint e rede", comenta.

A aquisição deverá ser concluída no terceiro trimestre fiscal da Palo Alto Networks, sujeita à satisfação das condições habituais de fechamento. Os termos da aquisição não foram divulgados.