Aplicações > Aplicativos

Orbitall firma parceria com Micro Focus e redução de custos de suas aplicações

Após acordo, processadora de cartões de crédito e meios de pagamento conquista maior eficiência, agilidade no desenvolvimento de suas aplicações e personalização ao cliente

14 de Julho de 2017 - 18h36

A Orbitall, processadora de cartões de crédito e meios de pagamento, que desde 2012 se tornou uma empresa do grupo Stefanini, passou por uma série de transformações tecnológicas, fossem elas para melhorar a entrega de seus serviços, ou mesmo para reduzir custos com o máximo de eficiência.

Nesse contexto, a empresa começou a trabalhar com a Micro Focus, multinacional de software e já parceira de longa data da Stefanini, pois precisava ampliar sua capacidade de processamento, sem que isso alterasse os custos de sua operação.

A empresa que já operava por meio do software Vision Plus, específico para o processamento de meios de pagamento, buscou na Micro Focus uma solução que garantisse que sua plataforma rodasse de forma mais distribuída, de maneira mais leve, a um custo mais atrativo e que permitisse à empresa processar o mesmo volume de dados que um mainframe.

Especialista em fazer esse tipo de integração, a Micro Focus passou a desenvolver junto a Orbitall um projeto que se adequasse às reais necessidades da companhia. Para isso, fez uso de três de seus softwares, o Enterprise Server, que oferece um ambiente de implantação de aplicativos, o Enterprise Developer, focado no desenvolvimento integrado (IDE) para a entrega de aplicativos de mainframe de forma muito mais ágil, e o Enterprise Analyzer, que entrega uma ampla matriz de ferramentas e conteúdo para proporcionar uma melhor compreensão dos aplicativos.

“Por se tratar de uma operação extremamente robusta, este foi um projeto desenvolvido muito próximo à Orbitall, já que a empresa possuía a necessidade de customizar suas aplicações”, explica Marcos Damasceno, diretor de Consultoria e Soluções da Micro Focus Brasil e líder do projeto junto à companhia. Para o executivo, este foi o maior desafio do projeto encontrado pela Micro Focus.

Sendo uma operação complexa e com inúmeras personalizações, só agora a Orbitall começa a colher os benefícios financeiros do projeto, já que devido a sua robustez o retorno só é possível mensurar após 2 a 3 anos do início da parceria.

“A estabilidade, o tempo de resposta, tanto do online quanto o do Batch, e o acordo de nível de serviço [SLA] estão melhores. A redução do custo operacional está sendo sentida apenas agora, já que possuímos uma operação extremamente complexa, onde cada um de nossos clientes possui sua particularidade”, destaca Braulio Lalau de Carvalho, CEO da Orbitall.

Além de todo o projeto desenvolvido com a Orbitall, hoje, a Micro Focus permanece junto ao cliente dando todo o suporte contra possíveis bugs do sistema, além de realizar treinamento com o time da empresa para o melhor desempenho e funcionalidade do projeto.