Cloud Computing > Segurança de Cloud

Netskope inicia operações na AL e planeja expansão do canal de vendas no Brasil

Empresa pretende fechar acordos com canais bem posicionados nos segmentos financeiro, de seguro, automobilístico, consultoria, energia, óleo & gás, varejo e saúde

31 de Outubro de 2017 - 15h31

A Netskope, fornecedora de soluções de segurança para operações em nuvem, inicia operações na América Latina, passando a atuar no Brasil, México, Chile, Argentina, Colômbia e Peru. Ao mesmo tempo, a empresa anunciou a contratação de Alain Karioty, como novo diretor regional de vendas para América Latina.

A Netskope foi fundada em 2012, com um núcleo de 50 arquitetos e engenheiros vindos das maiores empresas de segurança globais, tendo recebido aporte de financeiro de US$ 250 milhões. Hoje, ela possui hoje mais de 400 profissionais no mundo, sendo cerca de 250 engenheiros voltados ao desenvolvimento de novas funcionalidades à sua plataforma de segurança em nuvem. A empresa é detentora de 45 patentes em quatro categorias e com mais de 100 patentes em processo de avaliação.

No último reporte de nuvem da própria Netskope, apresentado em setembro e baseado em tráfego mundial, foi detectado um número médio de 1.022 aplicativos na nuvem em cada empresa, um pouco menos que os 1.053 do trimestre anterior. O setor de indústria é o que responde pela maior quantidade média de serviços na nuvem utilizados, com 1.370, seguido do setor de saúde, com 1.340. As empresas do setor financeiro e seguros aparecem na terceira posição com 1.175 aplicações e o setor turismo em quarto lugar, com 976 aplicações. Por fim, vem tecnologia e serviços TI, abaixo de 772 aplicativos no terceiro trimestre.

“Vejo que mais de 95% das empresas brasileiras estão utilizando aplicações na nuvem. Algumas estão pensando em bloquear tudo, mais hoje nenhuma tecnologia, exceto um broker de segurança de acesso na nuvem [CASB], pode detectar o shadow IT, assim como o shadow data, produzido por dispositivos não administrados, BYOD e terceiros”, afirma Karioty.

De olho no Brasil

No Brasil, a empresa tem planos de contratar recursos localmente, iniciando pela área de pré-vendas e, posteriormente, de entrega de serviços em projetos estratégicos (pós-venda e customer success). A empresa aponta que irá investir de forma agressiva em treinamento aos canais de venda.

A Netskope já operava no Brasil via canal de vendas atendendo clientes como IHG, Toyota, Levi’s, ING, e muitas outras multinacionais. “Porém, já estamos em fase de instalar um nó do seu cloud em São Paulo para atender as necessidades dos clientes brasileiros e da América Latina. Teremos um cloud local no Brasil. Também pretendemos investir no aumento da equipe da Netskope para atender com maior proximidade os clientes no Brasil e na América Latina”, prevê Karioty.

A estratégia de atuação da empresa será totalmente baseada em canais vendas para expandir a capilaridade em território latino-americano e brasileiro. “Iremos desenvolver relacionamento direito com alguns canais bem posicionados nos segmentos financeiro, de seguro, automobilístico, consultoria, energia, óleo & gás, varejo e saúde, e que estejam comprometidos e alinhados com a nossa tecnologia”, aponta Karioty. “Até o fim do ano calendário, pretendemos capacitar no Brasil, umas quatro a sete revendas.”