Negócios

AMD anuncia 500 demissões

Esta é mais uma tentantiva da fabricante de reduzir os prejuízos que vem registrando. No início do ano, a companhia já tinha anunciado cerca de 1,6 mil demissões.

06 de Novembro de 2008 - 12h19

Pela segunda vez no ano, a AMD anuncia corte de funcionários. Desta vez, a fabricante reduzirá em 500 o número de seu quadro de pessoal. De acordo com Mike Silverman, porta-voz da empresa, os colaboradores desligados da companhia não estão concentrados em nenhuma região específica ou restritos a um nível de serviço. "Teremos uma redução mundial de 500 funcionários espalhados em vários departamentos, de vários níveis e localidades," disse ele, por e-mail, ao complementar que a maioria dos funcionários afetados foi notificada ontem (05/11).

Ainda sem conseguir contornar seus problemas financeiros, mesmo após a divisão de operações e a injeção de capital saudita, a AMD está sofrendo para gerar lucros. Somados ao atraso em seus lançamentos e à concorrência com a Intel, esses fatores foram responsáveis pelo prejuízo de US$ 18 bilhões registrados pela organização no último trimestre.

 

Os executivos da AMD esperam a recuperação dos problemas financeiros com novos produtos como os chips gráficos da ATI e o processador para servidor Shanghai. Na próxima semana, a fabricante vai apresentar um evento para mostrar o seu roadmap de produtos e discutir a realidade dos seus negócios.

No início do ano, a companhia anunciou o corte de 1,6 mil colaboradores.