Negócios > APPs

Movile recebe nova rodada de investimento para aplicar no iFood

Aporte de US$ 82 milhões será realizado pelo Naspers e o fundo Innova Capital com objetivo de ampliar a participação no mercado do aplicativo para pedido comida pelo celular

12 de Dezembro de 2017 - 12h09

A Movile, fornecedora de plataformas para marketplaces e conteúdo móveis, acaba de receber uma nova rodada de investimento de US$ 82 milhões, realizada pelo grupo global de internet e entretenimento Naspers e pelo fundo de investimentos brasileiro Innova Capital. O aporte será usado para ampliar a presença da companhia nos mercados em que atua e aumentar a participação no iFood, aplicativo para pedido comida pelo celular.

“O mercado de food delivery está em franca expansão em todos os continentes e o iFood traz grande impacto por estar na vanguarda da inovação e do crescimento como o principal negócio de food delivery na América Latina. Assim, continuaremos investindo na empresa para escalar a plataforma de tecnologia e acelerar o desenvolvimento dos seus produtos para que eles possam atender mais pedidos e também oferecerem uma experiência ainda melhor para restaurantes e consumidores finais”, explica Fabricio Bloisi, CEO da Movile. “Também temos planos de investir mais no segmento de tickets e, potencialmente, novas áreas onde o Movile Group possa agregar valor para empresários e empresas em suas fases de crescimento", completa.

De acordo com Larry Illg, CEO da Naspers Ventures, a capacidade da Movile em construir os principais players do mercado tem sido o sucesso da longa parceria. "A Naspers tem sido um investidor de longa data na Movile pela sua capacidade de construir negócios móveis transformadores na América Latina e outros continentes. O iFood, em particular, demonstrou impressionante execução e crescimento atingindo mais de 5 milhões de usuários ativos mensais, tornando-se o líder na América Latina em food delivery, além de seguir a expansão por toda a região", diz o CEO.

Desde sua fundação, a Movile já captou mais de US$ 250 milhões. A quantia foi utilizada para ampliar os negócios próprios da companhia, intensificar sua atuação no mercado de O2O (online-to-offline) e para concluir mais de 20 fusões, aquisições e investimentos em startups como PlayKids, Sympla, iFood, Rapiddo, MapLink, Apontador, SuperPlayer entre outras.