Negócios > Wi-Fi

Motorola Solutions adquire Airbus DS e entra na área de software para centros de controle

Com aquisição, empresa expande oferta de soluções para o gerenciamento de chamadas de emergência em centros de comando e controle voltadas a empresas de todos os portes

31 de Julho de 2017 - 19h03

A Motorola Solutions assinou acordo definitivo com a Airbus para aquisição da Plant Holdings, dona da Airbus DS Communications. Os termos financeiros da transação não foram divulgados.

A Airbus DS Communications desenvolve software para o gerenciamento de chamadas de emergência em centros de comando na América do Norte. Sua série Vesta, é uma solução para o gerenciamento de chamadas 911 — no Brasil, 190 para polícia militar e 193 para bombeiros — baseada em uma arquitetura de software flexível e aberta. Além do gerenciamento de chamadas de emergência, a ferramenta oferece funções de mensagens de texto, mapeamento, gerenciamento de dados e analytics, provendo clientes de segurança pública na transição estratégica de sistemas legados para um sistema de próxima geração unificado e padronizado.

Em comunicado, a empresa diz que a aquisição da Airbus DS Communications ajudará a fortalecer o portfólio de software da Motorola Solutions, permitindo a expansão para novos segmentos de soluções de resposta a emergências nos EUA. Também permitirá a criação de uma série completa de soluções para chamadas de emergência, incluindo roteamento e atendimento de chamadas e gerenciamento de registros e despacho para agências de todos os portes e de diferentes segmentos.

“A aquisição da Airbus DS Communications nos permitirá adicionar produtos e serviços complementares ao nosso portfólio de software, ajudando a atender às necessidades de uma base mais extensa de clientes e posicionar-nos na vanguarda da tecnologia 911 de próxima geração”, disse Bruse Brda, vice-presidente executivo de Produtos e Soluções da Motorola Solutions.

A transação ainda está sujeita às condições habituais de fechamento, incluindo as aprovações regulamentares de praxe, e a previsão é que seja concluída até o fim deste ano.