Tecnologias Emergentes > I.A.

Microsoft levanta US$ 3,5 mi para investir em startups de inteligência artificial

Competição batizada de Innovate.AI busca startups que consigam demonstrar o uso da tecnologia emergente de forma prática e acessível

10 de Outubro de 2017 - 19h00

Microsoft anunciou nesta terça-feira, 10, uma competição global para startups que apresentarem a "melhor ideia" de como usar a inteligência artificial para resolver um problema real. 

O concurso batizado de Innovate.AI oferecerá um prêmio total de US$ 3,5 milhões. Startups interessadas têm até o fim deste ano para se inscreverem

Em entrevista ao Business Insider, Nagraj Kashyap, chefe da Microsoft Ventures, disse que a competição busca mais uma ideia grandiosa de seus fundadores do que um produto "acabado". O principal requisito, disse ele, é que a startup consiga demonstrar como a inteligência artificial pode ser adotada de maneira prática e acessível e possa elevar a tecnologia como um todo.

"Hoje, a inteligência artificial está sendo alavancada para fazer coisas incríveis, romper barreiras culturais com tradutores inteligentes, ajudar médicos e bioquímicos a entender melhor, prevenir e tratar as doenças mais mortíferas e complexas do mundo", escreveu Peggy Johnson, vice-presidente executivo de Business Development da Microsoft no blog da companhia. "A tecnologia está superando o espaço da imaginação para a realidade mais rapidamente do que nunca, mas apenas arranhamos a superfície do que a IA pode nos ajudar a realizar", completa.

Para lançar o concurso, a Microsoft firmou parceria com três empresas de capital de risco, uma para cada região que representam, no caso América do Norte, União Europeia e Israel. 

Dez finalistas em cada região serão selecionados para defenderem sua ideia em um pitch presencial. Um vencedor de cada região ganhará 1 milhão de dólares e mais US$ 500 mil em créditos para o serviço de nuvem da Microsoft (Azure). Um prêmio adicional de US$ 500 mil será concedido a startup que demonstrar o uso da IA para o bem público.