Negócios > Fusões e Aquisições

Mercado Livre adquire empresa de software para comércio eletrônico por R$ 36,5 mi

Companhia comprou a Ecommet, fornecedora de soluções para integração com marketplaces, sistema de gestão de vendas e plataforma de lojas virtuais

07 de Dezembro de 2017 - 15h15

O Mercado Livre, empresa de tecnologia em comércio eletrônico, anunciou nesta quinta-feira, 7, a aquisição da Ecommet, fabricante de software que, por meio de sua unidade de negócios Becommerce, oferece soluções para integração com marketplaces, sistema de gestão de vendas e plataforma de lojas virtuais. O valor da transação é de R$ 36,5 milhões.

A Ecommet possui uma carteira com mais de 3 mil clientes. As soluções da empresa são complementares com as já oferecidas pelo Mercado BackOffice e pelo MercadoShops, unidades de negócio do Mercado Livre. Com a aquisição, a companhia diz que será possível ampliar ainda mais a oferta das soluções de gestão Becommerce aos comerciantes que atuam no marketplace. “Investir em tecnologias de gestão está em linha com o nosso objetivo de oferecer a melhor experiência ao vendedor e, consequentemente, ao consumidor final”, afirma Stelleo Tolda, COO do Mercado Livre.

Criada em 2011 pelos empreendedores Frederico Flores e Fernando Montera, a Ecommet continuará a prestar serviços de maneira independente, sem qualquer alteração no escopo de trabalho. A Ecommet passa a pertencer ao grupo Mercado Livre, mas, seus 77 funcionários permanecerão sediados no escritório que ocupam atualmente, em São Paulo, com os fundadores à frente da gestão dos negócios.

“A Ecommet contará agora com uma sinergia fantástica com os times de tecnologia de gestão do Mercado Livre, o que contribuirá para aprimorar ainda mais a qualidade e abrangência dos serviços”, afirma Frederico Flores, fundador da Ecommet.

Parceria com desenvolvedores independentes

Desde 2012 o Mercado Livre abriu sua API (interface de programação de aplicativos) e vem fomentando o empreendedorismo tecnológico ao permitir que desenvolvedores independentes utilizem  sua tecnologia para criar soluções para o e-commerce. Atualmente, há 120 desenvolvedores certificados na América Latina, cerca de 60 deles no Brasil, que têm suas soluções homologadas pelo Mercado Livre. Além desses, há mais de seis mil aplicações funcionando a partir da API do Mercado Livre em toda a região.

“Temos total interesse no desenvolvimento e fortalecimento dessa comunidade. Somos uma empresa agnóstica e seguiremos dando total apoio para que os desenvolvedores independentes façam um ótimo uso da nossa API em favor do e-commerce na América Latina”, afirma Tolda.