Negócios > Pesquisas de Mercado

Mercado de outsourcing de TI chegará a US$ 13,6 bilhões em 2018 na América Latina

Frost & Sullivan divulga estudo sobre o mercado de TI na região, que abrange outsourcing de TI, nuvem pública, data center, big data e MSS

11 de Julho de 2018 - 12h41

As empresas na América Latina estão mudando o foco dos gastos em tecnologia para otimizar o uso de aceleradores de transformação digital para melhorar seus negócios. É o que aponta a consultoria Frost & Sullivan, que divulgou um estudo sobre o mercado de TI na região, que abrange outsourcing de TI, nuvem pública, data center, big data e serviços gerenciados de segurança (MSS, na sigla em inglês).

Segundo o estudo, a receita do mercado de outsourcing de TI chegará a US$ 13,6 bilhões até o final de 2018. Os modelos de crowdfunding podem transformar a forma como as empresas fornecem suporte de desktop, reduzindo custos e atraindo empresas que não teriam acesso a esse suporte no modelo anterior.

A receita do mercado de nuvem pública na América Latina alcançará US$ 3,9 bilhões até o final deste ano. O número de serviços de nuvem gerenciados e provedores de múltiplas nuvens continuará a aumentar, fomentando novas parcerias no mercado, prevê a consultoria.

Já o mercado de data center deve chegar a US$ 3 bilhões até o final de 2018. As soluções tradicionais de armazenamento e recuperação de desastres perderão participação de mercado em ambientes de nuvem IaaS, enquanto soluções de automação, como o Data-defined Data Center (SDD), modernizarão os data centers, diz a Frost & Sullivan.

A receita do mercado serviços gerenciados de segurança na América Latina chegará a US$ 620,9 milhões até o final de 2018. Machine learning e deep learning serão ferramentas poderosas para o mercado de segurança e, conforme a máquina aprende rapidamente e toma decisões, ela pode evitar ameaças em vez de atenuá-las após um ataque.

Por fim, a receita do mercado de big data alcançará US$ 785,5 milhões até o final do ano. As soluções de IoT criarão novas demandas por soluções de análise de dados que podem ser integradas às tecnologias de inteligência artificial (IA) e machine learning.

>Siga a Computerworld Brasil também no Twitter Facebook