Negócios > Internet das Coisas, Investimentos, Tendências

IoT movimentará US$ 4,1 bilhões no Brasil em 2016, prevê IDC

Consultoria projeta que mercado de Internet das Coisas movimente US$ 15,6 bilhões na América Latina em 2020

28 de Janeiro de 2016 - 17h43

A Internet das Coisas vive um período intenso de aceleração. Apesar de ser um segmento relativamente novo, a IDC estima que esse mercado movimentará expressivos US$ 4,1 bilhões no Brasil em 2016.

“No corporativo, as empresas migrarão aplicações tradicionais, como telemetria e monitoramente, para o paradigma da IoT”, projeta a consultoria, que reuniu a imprensa na quinta-feira (28/01) para apresentar suas previsões para os próximos doze meses.

A expectativa é que a expansão do mercado de dispositivos conectados se dará pois fornecedores de equipamentos e desenvolvedores de plataformas, software e soluções indústriais intensificarão o lançamento de soluções customizadas e em escala para as empresas.

O mercado de IoT na América Latina, afirma a IDC, crescerá de US$ 7,7 bilhões, registrado em 2014, para algo próximo a US$ 15,6 bilhões em 2020.

De acordo com a consultoria, atualmente, 59% das empresas da região avalia iniciativas e projetos orientados ao conceito de Internet das Coisas na região.