Tecnologias Emergentes > Aplicativos

Integração e foco no core business: as forças que movem o ambiente jurídico atual

Em meio ao contexto da disrupção, soluções inovadoras mudam a rotina dos escritórios

24 de Agosto de 2017 - 12h29

No esteio da transformação digital, alguns pressupostos têm mudado a forma como negócios são geridos, tendo em vista a otimização de processos operacionais, maior eficiência na entrega de produtos e serviços, além da geração de valor para o cliente — fator este que, por sua vez, propicia diferenciação de mercado e, consequentemente, a superação da concorrência que não consegue se adaptar ao cenário dinâmico do novo mercado.

Dentre tais pressupostos que regem o meio empresarial contemporâneo, gostaria de dar destaque para dois pontos:

. A ideia da integração de processos;

 . A atenção ao core business.

E por que o foco específico nos dois conceitos acima? Você poderia perguntar. A resposta é simples: porque eles chegaram, efetivamente, ao universo do direito e trazem consigo diversas potencialidades para a rotina de escritórios e departamentos jurídicos. Veremos de que forma ao longo desse artigo. Acompanhem.

Integração em prol da eficiência

Toda a trajetória no mercado de serviços B2B tende a evoluir de acordo com as demandas e necessidades das companhias contratantes. Em se tratando dos caminhos da transformação digital nesse segmento, a rota não foi diferente.

Nesse sentido, se no início do processo de informatização, o foco dos desenvolvedores de soluções se concentrava na criação de ferramentas individualizadas que atendessem as demandas específicas de um determinado departamento empresarial, atualmente - embora ainda seja possível contratar soluções fragmentadas — o que se vê é um na oferta de plataformas integradas, que unem uma série de ferramentas com o objetivo de aprimorar a integração de equipes, departamentos ou processos de um negócio.

Um dos motivadores deste movimento de integração é a noção de economia em rede: em um ambiente onde é possível compartilhar mão de obra, serviços e soluções, faz muito mais sentido utilizar ambientes integrados, pois eles favorecem desde a redução de custos até o aumento da eficiência na gestão de um negócio.

Foco no core business visando a qualidade dos serviços

Por sua vez, falar de foco no core business – ou seja, da razão pela qual a sua empresa está no mercado — é falar em qualidade na entrega e geração de valor para o cliente final. Para entender melhor essa lógica, basta que pensemos em uma situação objetiva: o que você preferiria, ser atendido por uma companhia 100% focada no serviço que ela se propõe a oferecer ou por outra que se divide em múltiplas funções que não fazem parte diretamente dos objetivos do negócio?

O foco real no core business hoje é possível graças a oferta de soluções que, aliadas ao trabalho de profissionais especializados, não só dão conta das demandas extras de qualquer empresa (contábeis, financeiras, jurídicas), mas são capazes também de reduzir custos operacionais e melhorar a própria qualidade dos processos internos.

Vejamos agora como tudo isso que foi dito até aqui se aplica a rotina dos escritórios de advocacia o do segmento do direito em geral.

Inovação como aliada do ambiente jurídico

Para analisar como a transformação digital impacta positivamente em nosso mercado, vamos inverter os elementos e tratar primeiro da ideia de foco no core business. Para tanto, pensemos na realidade de um escritório de advocacia.

Embora o ideal fosse que os profissionais deste escritório focassem, 100% de seu tempo, em advogar com excelência, a verdade é que, por muito tempo, nosso setor conviveu com a necessidade de que profissionais desempenhassem múltiplas funções que não eram, necessariamente, seu know-how principal, como no caso da gestão de contenciosos de massa e processos mais burocráticos como o monitoramento de processos e movimentações judiciais.

Pois bem, graças a inovação do mercado, já é possível contar com parceiros que oferecem serviços que vão do outsourcing jurídico a todos os trâmites envolvidos na logística forense.

O que levar em conta na hora de iniciar um processo de transformação digital em seu negócio?

Para concluir, gostaria de deixar três dicas para você que deseja implementar a inovação no dia a dia de seu escritório:

. Busque parceiros alinhados aos objetivos empresariais de seu escritório;

. Pesquise a confiabilidade do parceiro em potencial no mercado e a real capacidade de suas soluções;

. Ferramentas sozinhas não bastam, por isso, nunca deixe de avaliar se a empresa que será tua parceira conta com um time competente de profissionais especializados.

Seguindo estas etapas, sem dúvidas, seu escritório estará pronto para abraçar a inovação.

*Celina Salomão é advogada, consultora e líder das áreas de logística e outsourcing jurídico da empresa LogJur.