| Saiba mais  Patrocinado por

A importância do parceiro consultivo na estratégia Multicloud

Confira cinco principais pontos para montar uma estratégia Multicloud

24 de Novembro de 2017 - 14h09

Pensar numa estratégia Multicloud pode levar uma empresa a associar, num primeiro momento, a algo extremamente complexo. O checklist, sem dúvida, envolve uma série de requisitos de autenticação, segurança, integração, integridade dos dados e disponibilidade dos serviços. 

De fato, a disponibilidade da tecnologia em abundância tornou-se uma commodity. E onde está o diferencial de um parceiro efetivo? Onde encontrar um fornecedor que vá além dos critérios técnicos e comerciais e pense em todos os aspectos estratégicos de um projeto. 

Confira 5 temas importantíssimos numa estratégia Multicloud:

1 - Seleção da melhor nuvem – Nuvem privada, pública ou híbrida? Essa é uma questão inevitável, pois implica em autenticações, logs e controle de acesso, permissões, configurações e cobrança entre as nuvens. Na estratégia Multicloud, todos esses requisitos são pensados de forma estratégica, do planejamento à operação, passando até por fatores fora da curva. Isso permite extrair o melhor de cada nuvem, impactando na qualidade, performance e otimização de recursos na entrega de resultados.

2 - O DNA do projeto define a jornada – Cada projeto tem um DNA e este fator é que define a sua jornada. Entender a maturidade das aplicações é estratégico. As características e requisitos suportados por cada nuvem como custo, desempenho, flexibilidade, abrangência e simplicidade de uso necessitam ser analisadas. Dessa forma, somente uma abordagem Multicloud possibilita a evolução para um modelo de TI dinâmico, ágil e flexível.

3- Disponibilidade dos serviços – Quem contrata quer um serviço sem interrupções. E como prever tudo isso quando estamos tratando de camadas de hardware, software e infraestrutura? Tudo é pensado de forma integrada quando uma estratégia Multicloud é adotada. Estamos falando aqui, entre outros itens, de gestão de identidade, gestão de capacidade, gestão de configuração, automação e billing.

4 - Controles financeiros – Pelo volume de itens envolvidos e por tudo rodar nas nuvens, ter o controle financeiro sem dúvida é um grande desafio. A estratégia Multicloud permite maior controle interno de infraestrutura, oferecendo, simultaneamente, total atenção ao cliente, na face para o mercado. Isso representa uma melhoria de performance contínua na eficiência operacional e assegura maior satisfação para o cliente. 

5 - Versatilidade do parceiro – É fundamental contar com um parceiro que domine tecnologias diferentes e que tenha experiência em projetos de diversas complexidades. Dificilmente você encontra tanta versatilidade aproveitando somente sua equipe interna, pois seria necessário manter grandes talentos e isso tem um custo muito alto.

Em empresas como o UOLDIVEO, não há apenas um profissional especializado, mas sim dezenas deles. Formamos e treinamos uma equipe de profissionais que une os aspectos técnicos e consultivos a uma longa trajetória de sucesso, endereçando a adequada solução aos projetos de seus clientes com robustez e segurança.

Isso só é possível porque o UOLDIVEO continuamente evolui sua oferta, colocando-se no lugar do seu cliente, ao pensar naqueles assuntos que asseguram tanto o sucesso do negócio, quanto tiram as noites de sono dos líderes de equipe, em função de um risco possível.

Apontar problemas e soluções para assuntos básicos de hardware, software e infraestrutura é simples. Mas quando a estratégia Multicloud é missão crítica do negócio do cliente, o compromisso toma outras proporções. 

Nessa direção, em menos de um ano, o UOLDIVEO firmou parcerias com os principais players do mercado de tecnologia, como Microsoft Azure, Google Cloud Platform e Amazon Web Services (AWS), endossadas com os mais elevados níveis de certificação em cada marca. Ou seja, trabalhar com pleno domínio as tecnologias ícones de padrão de mercado representa um diferencial único de atuação. E nuvens geridas pelo próprio UOLDIVEO para necessidades específicas como é o caso de VMWare, OpenStack e tecnologia dos Processadores Intel® Xeon® E5 V4 e Virtual Data Center para sistemas legados.