Segurança > I.A.

IA e automação inteligente passam a integrar solução da CA para mainframes

Ao todo, empresa anunciou três soluções para que as empresas possam prever e corrigir automaticamente problemas de desempenho, proteger a privacidade e reduzir custos

21 de Novembro de 2017 - 18h34

Uma série de inovações que ajudam as empresas a reduzir em até cinco vezes o tempo de resolução de problemas de desempenho de mainframes, bem como as ameaças internas e os custos operacionais em 25%. Essa é a promessa da CA Technologies com as novas soluções de mainframe, anunciadas nesta terça-feira, 21, nos Estados Unidos.

Ao todo, são três soluções — CA Mainframe Operational Intelligence, CA Trusted Access Manager for Z e CA Dynamic Capacity Intelligence — que, segundo a empresa, ajudam as organizações a obter informações para prever e corrigir automaticamente problemas de desempenho, proteger a privacidade. Com as soluções, afirma a fornecedora, as empresas podem aproveitar as técnicas de análise de dados e aprendizagem de máquina para aumentar a confiança digital de seus clientes.

"É fundamental estabelecer bases de confiança digital, uma vez que 80% dos dados corporativos do mundo armazenados em mainframes processam 68% das cargas de trabalho da produção global", disse Ashok Reddy, gerente geral de mainframe da CA Technologies. "A confiança digital é essencial para que as empresas comprovem a identidade das pessoas, protejam dados e garantam a integridade e o desempenho de aplicativos.

Com a inteligência artificial (IA) e automação inteligente, baseada em aprendizagem de máquina, as novas soluções de mainframe, segundo a CA, permitem informações aprimoradas de conjuntos de dados mais amplos. "Isso ajudará as empresas no gerenciamento de dados por meio de automação inteligente, além de aumentar a segurança, a escalabilidade e a flexibilidade de suas plataformas atuais, incluindo a IBM Z, em um ambiente seguro e confiável."

A solução CA Mainframe Operational Intelligence utiliza aprendizado de máquina e automação para captar padrões, ativando resoluções dinâmicas e confiáveis, e tem como base a detecção de anomalias, para que os usuários possam prever problemas mais cedo e automatizar a resolução antes de qualquer impacto nos acordos de nível de serviço (SLAs).

Com o adaptador IBM System Management Facilities (SMF) disponível na solução, os clientes podem absorver dados adicionais diretamente do ambiente IBM Z para produzir inteligência a partir de dados do mainframe fora dos produtos da CA. Isso é fundamental, pois, quando se trata de aprendizado de máquina e inteligência, quanto mais amplo o conjunto de dados, mais precisa é a previsão, observa Reddy.

Confiança reforçada

Quase 2 bilhões de registros de dados do mundo inteiro foram perdidos ou roubados em ciberataques no primeiro semestre de 2017, de acordo com as informações mais recentes do provedor de segurança digital Gemalto1 e das 65 empresas avaliadas. Os ataques custaram aos acionistas mais de US$ 52,4 bilhões no total.

Para ajudar a gerenciar riscos e manter a confiança do cliente, a CA está aprimorando a segurança corporativa com a solução CA Trusted Access Manager for Z, solução de mainframe que restringe e monitora todas as atividades de identidades privilegiadas no mainframe. As organizações podem gerenciar melhor seus dados e atender às necessidades de segurança e conformidade com as soluções de segurança de mainframe, diz a CA.

"A segurança e o risco associados ao cibercrime são uma preocupação crescente para todas as empresas", disse Mark Anzani, vice-presidente de estratégia da IBM Z. "Com o mainframe IBM z14 e as soluções da CA, nossos clientes em comum podem enfrentar esses desafios de segurança e compliance e inovar rapidamente para melhorar seus negócios."