Carreira > Legislação

Hugo Barra anuncia saída da Xiaomi e volta para o Vale do Silício

Em post, brasileiro ex-Google diz que saudade dos amigos e familiares o fizeram tomar decisão de sair da empresa chinesa após três anos e meio

23 de Janeiro de 2017 - 13h38

O brasileiro Hugo Barra anunciou nesta segunda-feira, 23, a sua saída da Xiaomi após três anos e meio como vice-presidente internacional da fabricante chinesa de smartphones.

Em um post no seu perfil oficial no Facebook, Barra diz que a decisão foi motivada principalmente pela necessidade de voltar para o Vale do Silício, onde estão seus amigos e também para ficar mais próximo da sua família no Brasil.

“Percebi nos últimos anos que viver em um ambiente tão particular teve um impacto enorme na minha vida e começou a afetar a minha saúde. Os meus amigos, que eu considero minha casa, e a minha vida estão no Vale do Silício, que também fica muito mais perto da minha família. Ver o quanto eu deixei para trás nestes últimos anos, ficou claro para mim que chegou a hora de voltar”, afirmou.

Barra diz que ficará na Xiaomi até fevereiro, quando é comemorado o Ano Novo Chinês. No entanto, não revelou qual será o seu próximo passo na carreira, dizendo apenas que tirará um pouco de “tempo muito necessário antes de embarcar em uma nova aventura no Vale do Silício”.

Antes de assumir o cargo de vice-presidente internacional da Xiaomi, que teve uma curta e frustrante passagem pelo Brasil entre 2015 e 2016, Barra ficou por cinco anos no Google, onde atuou como VP de produtos Android até 2013.