TI na Prática > ERP, Gestão de Projetos, Manufatura

Harley-Davidson Brasil roda nova versão de ERP da Totvs

Sistema acompanha o processo de fabricação dos 21 modelos de motocicletas produzidos na fábrica da marca em Manaus

03 de Agosto de 2015 - 14h11

A Harley-Davidson implementou uma nova versão do software de gestão da Totvs para suportar sua operação no Brasil. O sistema acompanha o processo de fabricação dos 21 modelos de motocicletas produzidos na fábrica da marca em Manaus.

A ferramenta é responsável por apresentar o status do plano de produção às concessionárias e à área comercial, permitindo a priorização de um determinado modelo conforme a demanda de vendas.

A companhia – que usa a tecnologia da provedora brasileira desde 1998 – atualizou a versão do sistema em 2014. O projeto contou com a participação de profissionais da Harley-Davidson dos Estados Unidos, da fábrica no Brasil, e da área comercial da empresa, que, mapearam os processos e definiram o fluxo das rotinas e o escopo do software antes da implementação.

A iniciativa teve suporte da Totvs Consulting, que se encarregou do processo de gestão de mudança e gerenciamento do projeto.

O redesenho do fluxo e a implementação da nova versão do ERP trouxe ganhos à companhia, que atribui o maior impacto ao chão de fábrica. “Em pouco tempo, o sistema conferiu maior produtividade à operação e aprimorou o relacionamento entre as diferentes áreas da companhia no país”, estima.

O sistema controla desde o recebimento do material até a expedição da motocicleta, passando pelo desembaraço das peças, a inserção delas no sistema, controle de estoque, abertura da ordem de produção até o encaminhamento do produto acabado ao estoque.

O acompanhamento das rotinas de manufatura é realizado inteiramente dentro do módulo de Planejamento e Controle de Produção (PCP) que é atualizado conforme o andamento do nível de produção, qualidade e segurança, entre outras métricas da Harley-Davidson.

Toda mercadoria que chega dos Estados Unidos passa por uma inspeção antes da entrada na fábrica. Se houver alguma falha no produto, a mercadoria não pode entrar em fabricação. A tecnologia permite a criação e a visualização de inúmeros outros processos, aprimorando a relação entre a fábrica, a área comercial e as concessionárias.

“Por meio de um portal web, as concessionárias interagem com a nossa área comercial. A informação gerada no ERP durante o processo produtivo alimenta o portal web, facilitando a alocação e a comercialização das motocicletas. A partir da definição de envio da mercadoria para uma concessionária, a solução realiza o faturamento automaticamente”, informa Adriano Martins, gerente de TI da Harley-Davidson Brasil.