Tecnologia > Android, Estratégia, Smartphones, Tendências

Google promete recursos de inteligência artificial em aparelhos Android

Nova parceria com fabricante de chips permitirá reconhecimento de imagem em tempo real em aparelhos Android

28 de Janeiro de 2016 - 12h31

Em breve, aparelhos Android poderão ficar muito mais inteligentes graças a uma nova parceria entre Google e a fabricante de chips Movidius que promote levar inteligência de máquina diretamente para seus dispositivos móveis.

A Movidius é especializada em visão de máquina e já trabalhou com o Google no Projeto Tango, sua plataforma de visão computacional. Agora, através da nova colaboração, o Google usará o chip MA2450 da Movidius para levar deep learning (aprendizado profundo) para os aparelhos Android.

Deep Learning é uma das ramificações do aprendizado de máquina aplicado com frequência para reconhecimento de imagem que usa algoritmos para aprender em vários níveis a corresponder outros níveis de abstração. Tipicamente, ele confia em redes neurais complexas.

O chip da Movidius foi construído para ser extremamente eficiente em termos de energia, tornando-o apropriado para rodar redes neurais de computação em smartphones. Ao implantar seus motores de computação neural avançadas em tais chips, o Google dá a dispositivos a habilidade de reconhecer imagens como rostos e sinais de rua em tempo real, sem precisar recorrer a conexão com Internet e algoritmos na nuvem.

Tais habilidades poderiam ser especialmente úteis para pessoas com deficiência visual, por exemplo.

“Nossa colaboração com a Movidius está possibilitando novas categorias de produtos para construir o que as pessoas não viram antes”, disse Blaise Agϋera y Arcas, chefe do grupo de inteligência de máquina do Google.

Os termos financeiros do acordo não foram divulgados, nem detalhes de planos específicos sobre produtos.

“O Google está rapidamente expandindo seus negócios em smartphones em novas áreas – essa é apenas uma delas”, disse o analista de Telecom Jeff Kagan.