Gestão > ERP

Globosat implanta portfólio de soluções cloud da SAP e aumenta produtividade

Entre outros benefícios obtidos pela empresa está a redução do tempo de execução do grande volume de processos financeiros e contábeis

24 de Fevereiro de 2017 - 16h30

Lançada em 1991, com quatro canais, a Globosat é considerada a maior produtora de conteúdo destinado a TV por assinatura do país. A rede, que reúne 32 canais, alcança quase 50 milhões de espectadores em 16 milhões de domicílios, e só entre janeiro e outubro do ano passado respondeu por 54 milhões de horas de streaming de vídeo.

Para suportar tecnologicamente a estratégia que lhe garante 35% de market share, a Globosat, que desde 2009 é parceira da SAP, com o uso completo da suíte SAP BO, e há dois anos foi robustecida com um contrato bem mais abrangente, acaba de completar a última etapa de implementações de soluções da empresa de software.  

“Em 2013 iniciamos o ciclo que visava trocar a plataforma de sistemas de gestão de backoffice da Globosat”, conta Alexandre Santos, diretor de sistemas de informação da Globosat. “Primeiramente fizemos a revisão dos processos de gestão e backoffice da empresa. Em seguida, fizemos um projeto de software selection onde levantamos 2 mil macrorrequisitos funcionais, essenciais para nossas operações, abrindo uma concorrência para selecionar a plataforma capaz de responder a essas exigências, suportar nossa estratégia de crescimento, bem como escolher quem nos apoiaria nesta trajetória.”

Depois de um processo rigoroso, que envolveu vários players do mercado, e com  apoio da EY, a escolha da Globosat foi não só pela tecnologia das soluções SAP como também pela implementação do SAP Serviços e pelo processamento em HEC HANA.  

A Globosat optou por praticamente todo o portfólio de soluções cloud da SAP, trabalho que foi dividido em sete projetos, norteados por dois grandes pilares, como conta Santos: “O primeiro pilar reuniu as soluções de gestão de negócios (SAP ERP) e de capital humano (SAP HCM, SAP SuccessFactors). O segundo, as soluções de pré faturamento (Hybris Billing), específico para faturamento da receita de assinaturas, VOD e Pay-per-view oriundo de contratos com as operadoras de distribuição de Pay-TV”, destaca o executivo.

“A menina dos olhos de todo esse pacote implementado foi o Success Factors, que trouxe a modernidade que a empresa buscava na relação com os seus colaboradores, contribuindo para a transformação digital pela qual a Globosat está passando”, salienta Santos.  Ele conta que a última fase desse amplo projeto tecnológico da Globosat foi completada em novembro de 2016 com a implantação da suíte completa do Hybris Billing, “automatizando todas as memórias de cálculo e regras complexas contratuais que atendem aos canais e joint ventures da Globosat”.

Nuvem como opção preferencial 

O diretor de sistema de informação da Globosat conta que a opção para rodar as soluções foi a de trabalhar o máximo possível em cloud, operando tudo em HEC – HANA Enterprise Cloud da SAP. “Optamos pelo HEC, que proporciona segurança, rapidez e atualizações automáticas. Decidimos não investir na ampliação de nosso Datacenter, mas contarmos com esse serviço da SAP”, destaca Santos. O executivo brinca que, hoje, “a Globosat é meio brasileira, meio alemã: produtos SAP, ambiente de processamento SAP e suporte também SAP para a sua plataforma de gestão”.

No total, mais de 120 pessoas trabalharam no projeto desde seu início, que alcançou um alto nível de engajamento e alinhamento na empresa e com todos os parceiros envolvidos. “Do menor analista ao board da corporação, envolvendo diretamente quatro diretores e o CFO, todos se dedicaram totalmente ao processo, recorda Santos. O maior volume de trabalho foi completado em 11 meses, dos 20 meses previstos, e foi dividido em três etapas. Dez nacionalidades de técnicos se revezaram ao longo do processo.

“Uma das grandes vantagens proporcionadas pela escolha das soluções, pelo know how de implementação da SAP Serviços e pelo forte conceito de gestão conduzido no projeto, foi que as operações das diversas áreas da Globosat nunca precisaram ser interrompidas. Não houve descontinuidade nas operações ou a necessidade de ‘soluções de continuidade’, nunca  paramos de receber, comprar, contratar, etc... Em nenhuma situação tivemos que retroagir alguma coisa — não houve atrasos nos processos”, relata Santos.  

Hoje, entre outros benefícios, o grande volume de processos financeiros e contábeis da Globosat, que demandavam semanas de trabalho, passaram a ser finalizados em minutos. E as planilhas foram aposentadas. “Acertamos ao optar pelas soluções e pela implementação da SAP Serviços.  A competência fez a diferença”, sintetiza Santos.