Gestão > ERP

Futebol movido a governança e transparência com apoio de ERP

Com implantação de sistema de gestão, Corinthians consegue acompanhar cada uma das ações das áreas administrativas em um único ambiente, reduzindo o tempo gasto pelos profissionais com esses processos

23 de Outubro de 2017 - 15h51

Com a segunda maior torcida do país, pouco atrás do Flamengo, mas com o maior número de seguidores nas redes sociais, de acordo com o Ibope Repucom, o Corinthians tem lançado mão da tecnologia não apenas para melhorar o desempenho físico de seus jogadores, mas também para a sua gestão financeira, fiscal e contábil.

Na verdade, o clube paulista há algum tempo começou a verificar que precisava melhorar o controle de sua operação e definiu que os recursos de tecnologia eram o melhor caminho. O Corinthians buscou um software de gestão que centralizasse todos os dados em um único local e, assim, possibilitasse uma melhor governança e gestão do clube, além de uma prestação de contas mais transparente aos patrocinadores, investidores e sócios.

Na época, muitas informações estavam armazenadas fora do sistema de gestão ou em softwares que não eram integrados, o que exigia trabalho manual e, em muitos casos, retrabalho para consolidar os dados. Agora, o clube consegue controlar toda a movimentação bancária e acompanhar cada uma das ações das áreas administrativas — financeira (contas a pagar e a receber), compras, estoque, contábil e fiscal — em um único ambiente, reduzindo o tempo gasto pelos profissionais com esses processos.

Hoje, além da parte financeira, a administrativa também é processada 100% no sistema da companhia, desde o pagamento de luvas, pagamento sobre a gestão de funcionários — médicos, administrativos e dos contratos de jogadores, além do controle das RPAs (pagamentos de autônomos, bandeirinhas e árbitros, etc.), que exige um processo diferenciado. Isso porque, se o árbitro faz dois jogos no mês, o clube precisa pagar o INSS referente apenas a esses jogos. Até então, não havia um controle efetivo disso, pois o processo era manual. Agora, é realizado direto na folha de pagamento e enviado automaticamente ao departamento financeiro para recolhimento dos tributos, com o controle financeiro processado diretamente no ERP/Protheus, da Totvs.

“Um grande diferencial do ERP da Totvs é a adequação rápida da solução à legislação. Isso trouxe uma segurança muito grande para nós em relação a todo o processo. Antes não tínhamos um controle preciso da operação, pois muita coisa era manual, mas agora tenho certeza de que todas as regras administrativa-financeira estão sendo atendidas”, afirma João Cibas, gestor de Inovação e Tecnologia do Sport Club Corinthians Paulista.

O software de gestão da companhia permite ainda baixa automática de títulos, controle de provisões, de contratos, de despesas, de estoque e de impostos, bem como a eliminação dos pagamentos em duplicidade e geração automática de faturamento, automatização de processos contábeis, tonando o processo de fechamento do exercício (balanços e demonstrativos), mais ágil e consistente. Isso possibilitou uma gestão integrada de todos os setores administrativos, proporcionando alta disponibilidade das informações estratégicas e melhoria na tomada de decisões.

Com a implementação da nova solução, alguns processos manuais puderam ser integrados ao ERP, por meio de web service (comunicação automática), gerando informações, inserções de dados ou requisições em tempo real, a qualquer hora e de qualquer lugar. “Essa mobilidade trouxe o Corinthians para a 4ª Revolução Industrial e conferiu muita agilidade ao clube ao possibilitar a realização de atividades à distância, de forma ágil, simples e segura. Além disso, conseguimos obter rapidamente dados precisos e padronizados, o que facilita o planejamento, a medição de desempenho e, naturalmente, decisões estratégicas. Tudo isso traz transparência para a gestão do clube”, afirma Cibas.

Além de aprimorar o controle das operações, a integração dos dados possibilitou também um planejamento e controle orçamentário melhor. Hoje, o clube consegue elaborar um business plan preciso, pois a integração das informações permite uma visão de longo prazo e, consequentemente, um crescimento sustentável.

“Os clubes de futebol estão cada vez mais em busca da profissionalização e a competição está acirrada. Muito além de sistema, o Corinthians avança no cenário do futebol nacional, pois uma retaguarda com processos organizados e pautada em tecnologia moderna é o primeiro passo para uma jornada de transformação digital no esporte e muitos títulos”, afirma Marcelo Cosentino, vice-presidente de Professional Services da Totvs.