Tecnologia > Hardware

Foxconn nega que esteja de saída do Brasil

Em nota, montadora taiwanesa de eletrônicos diz que mantém operações regulares no país, "apesar da crise econômica e política"

14 de Junho de 2017 - 19h59

A montadora taiwanesa de produtos eletrônicos Foxconn negou que esteja de saída do Brasil, conforme apontado em uma reportagem recente da revista Isto é Dinheiro.

Responsável pela produção de gadgets de empresas como a Apple e outras gigantes do mercado por aqui e em outros lugares do mundo, a Foxconn disse que irá manter suas operações normais no Brasil, “apesar da crise econômica e política que atualmente afeta o Brasil”.

Confira abaixo nota da Foxconn na íntegra:

“A Foxconn Brasil Industria e Comércio Ltda informa que a notícia publicada pela Revista Isto É Dinheiro, edição 1022, com o título: “ Foxconn diz adeus ao Brasil”, é de cunho sensacionalista e não condiz com a realidade. A Foxconn Brasil continua com suas operações regularmente, apesar da crise econômica e política que atualmente afeta o Brasil.”