Gestão > CRM

Flex monta contact center em universidade no interior de São Paulo

Iniciativa da empresa especializada em gestão de relacionamento com clientes visa promover mão de obra qualificada e impulsionar a economia de Engenheiro Coelho

28 de Agosto de 2017 - 16h24

A Flex, empresa de gestão de relacionamentos com foco em contact center e gestão de crédito e cobrança, firmou parceria com a Unasp (Centro Universitário Adventista de São Paulo), localizada na cidade de Engenheiro Coelho, no interior de São Paulo, para oferecer a oportunidade de crescimento profissional para os alunos da instituição.

Em abril, a empresa inaugurou a primeira unidade dentro de uma universidade do Brasil e também o primeiro site da empresa no interior paulista. A iniciativa acompanha as tendências do novo consumidor, que está em constante evolução e hoje busca interações cada vez mais complexas a fim de resolver tudo da forma mais rápida possível, seja por voz, chat, SMS ou WhatsApp.

“Nesse cenário, existe uma necessidade ainda maior de contar com profissionais bem preparados”, diz Topázio Silveira Neto, presidente da Flex Contact Center. “Temos um trabalho intenso de desenvolvimento dos nossos profissionais com programas de capacitação que acontecem de forma constante desde a entrada do profissional na Flex. Em todas as cidades em que atuamos oferecemos ensino superior no formato EAD em parceria com importantes universidades brasileiras, ampliando suas oportunidades de carreira. Com a Unasp nasce um novo centro de formação para líderes”, comenta.

A Unasp conta com 6 mil alunos distribuídos nos cursos de engenharia, sistemas para internet, ciências contábeis, administração, direito, letras, entre outros, sendo que 2 mil residem no próprio campus da instituição. Com a nova unidade, a Flex vai oferecer mais de 1,3 mil empregos diretos nos próximos dois anos e os alunos terão acesso a oportunidades de carreira profissional, treinamento especializado e participação no Programa de Desenvolvimento de Líderes. Além disso, os estudantes também terão a possibilidade de expor seus talentos à grandes empresas, que hoje são clientes Flex.

A Flex acredita que provocará um impacto positivo na comunidade local de Engenheiro Coelho, que tem pouco mais de 18 mil habitantes. A iniciativa faz parte de um projeto de expansão e interiorização das operações de contact center da empresa, como opção de desenvolvimento para pequenas e médias cidades, já que o setor é hoje um dos que mais emprega no Brasil, com cerca de 1 milhão de trabalhadores. A empresa já tem operações no interior de Santa Catarina, em Xanxerê, município com 50 mil habitantes, e duas unidades em Lages. A nova parceria de implantar um contact center dentro de uma Universidade traz a expectativa que os investimentos da empresa injetem cerca de R$ 1 milhão na economia local, movimentando e incentivando novas fontes de renda para a população.