Internet > Aplicativos

Facebook afirma já ter 30 mil empresas ativas que utilizam o Workplace

Empresa não revela, no entanto, qual é o percentual desses clientes corporativos que usam o Workplace que está pagando

07 de Novembro de 2017 - 16h27

Um ano depois de o Facebook ter lançado oficialmente a Workplace, a plataforma de colaboração corporativa atingiu a marca de 30 mil empresas que utilizam o serviço, contra aproximadamente mil organizações há um ano e 14 mil, há seis meses.

Paralelamente à comemoração do rápido crescimento, O Facebook também está lançando novos recursos para Workplace, incluindo um módulo de bate-papo de vídeo em grupo e um aplicativo de chat em desktop para que os usuários possam enviar e receber mensagens, sem a necessidade de abrir o Facebook no navegador, informa o site Recode.

O Facebook lança muitos produtos diferentes, e aqueles que não funcionam geralmente desaparecem. O fato de a rede social ainda estar criando novos recursos para Workplace e promovendo novos marcos de crescimento mostra que ela está considerando o produto bastante a sério, apesar de um início lento — o Facebook levou anos desenvolvendo o produto antes do lançamento oficial.

O Facebook não revela, no entanto, qual é o percentual desses 30 mil clientes corporativos que usam o Workplace que está pagando, já que a empresa lançou uma versão gratuita em abril e também oferece o serviço sem custos para organizações sem fins lucrativos e instituições educacionais.

O Facebook também não revela quantos usuários possui, apenas o total de empresas. Já o Slack, o software de comunicação para equipes de trabalho que concorre diretamente com o Workplace, diz ter mais de 4 milhões de usuários ativos por dia.

Não é possível se saber a receita que o Workplace gera para o Facebook. De todo modo, isso não é incomum. A rede social, por exemplo, não tem receita com o Instagram, negócio muito mais antigo e estimado com potencial bastante grande. Mas é difícil avaliar o sucesso do Workplace.

O Facebook obtém quase toda a sua receita com a publicidade, e o Workplace fornece à empresa um produto interessante em um momento em que ela busca receita fora do núcleo do News Feed.