Negócios > Internet das Coisas, Tendências

Ex-líder na divisão de Watson lança serviço de Inteligência Artificial

A IA vai se tornar "o maior diferencial competitivo para os negócios", diz Stephen Pratt, CEO da Noodle

14 de Março de 2016 - 19h33

A inteligência artificial tem feito incursões significativas no mundo do consumo, mas o uso da tecnologia no mercado corporativo ainda está em sua infância.

Stephen Pratt, que recentemente deixou seu trabalho como líder global da divisão de serviços Watson da IBM, deseja mudar isso. Na segunda-feira (14/03), ele lançou a Noodle Analytics, uma empresa que promete levar o poder da IA para as empresas. Anunciadoa como "a companhia de inteligência artificial corporativa", a Noodle parte da premissa de que a IA será o próximo grande diferencial competitivo.

Qualquer um que faz buscas no Google, se orienta no trânisto com Waze ou compra na Amazon já usou um serviço de IA para consumo. "Mas quando se trata de aperfeiçoar a força de vendas ou a cadeia de fornecedores de uma empresa, o uso de IA está apenas em sua infância," afirma Pratt, que é CEO da Noodle.

A grande maioria das empresas está apenas começando a estabelecer uma via de IA, disse ele. Mas isso vai mudar em breve.

"Eu acredito que a IA será o maior diferencial competitivo nos próximos três a cinco anos", disse ele. "Os executivos que não estão usando alguma forma de IA para ajudá-los parecerão ultrapassados muito rapidamente."

A maioria das empresas irá implementar "dezenas, se não centenas" de algoritmos de inteligência artificial para otimizar cada processo importante decisão de negócios, interação com o cliente e de negócios, disse ele.

É aí que vem em Noodle. Criado com executivos da GE Digital, Infosys e MicroStrategy, a inicialização espera se destacar, complementando AI conhecimentos com profundo conhecimento sobre os processos de negócios.

"A maioria das empresas de IA está focada especificamente na tecnologia e usando grandes conjuntos de dados, executando algoritmos e fazendo recomendações", disse Pratt. "Mas para chegar a poderosos algoritmos de inteligência artificial você tem que ter uma profunda compreensão do assunto. A maioria das empresas de IA não fala duas línguas."

Anos atrás, Pratt começou a trabalhar com CRM na Deloitte, diz ele, e a Noodle contratou outros especialistas de processos de negócios, com planos para trazer mais a bordo nos próximos meses.

Durante o próximo ano, a Noodle - que também atende pelo Noodle.ai - vai se concentrar na construção de relacionamentos. "E estarei recrutando como um louco", disse Pratt.

O executivo disse que sua saída da IBM, após menos de um ano no cargo, foi "uma escolha muito difícil."

"A IBM é uma empresa fantástica com um grande futuro nesta área, mas o mercado realmente precisava de uma empresa otimizada para este tipo de trabalho."

A IBM pode até argumentar que ela já está otimizada para esse tipo de trabalho, tendo em conta os progressos substanciais que fez construindo serviços de IA para o Watson.