Cloud Computing > Cloud Híbrida

Equinix anuncia disponibilidade de solução de cloud híbrida no Brasil

Novo serviço permite que os clientes contratem recursos de cloud dedicados em um ambiente Equinix e gerenciem recursos públicos de múltiplos provedores por meio de um único portal

23 de Novembro de 2017 - 22h41

A Equinix, fornecedora global de serviços de data center e interconexão, anunciou nesta quinta-feira, 23, uma nova solução de cloud bíbrida no Brasil baseada em OpenStack, software de código aberto capaz de gerenciar os componentes de múltiplas infraestruturas virtualizadas. Batizada de Equinix Hybrid Cloud, é uma plataforma de nuvem híbrida que une os recursos de uma cloud privada com uma cloud pública.

O foco da solução, segundo Diego Julidori, gerente sênior de Product Management da Equinix no Brasil, são clientes com ambientes de nuvem híbrida e multicloud. Ele explica que ela foi projetada para oferecer gerenciamento otimizado, a partir de um único portal, de forma ágil, segura e totalmente integrada, simplificando a gestão de ambientes complexos.

Segundo a empresa, trata-se de uma plataforma de alto desempenho que une o poder de processamento superior e a segurança aprimorada da cloud privada com a elasticidade e escalabilidade da cloud pública. O produto já traz embarcada a solução de interconexão, a Equinix Cloud Exchange, que possibilita conectividade privada direta aos principais provedores de cloud do mercado, tais como Amazon Web Services (AWS), Microsoft Azure e IBM Bluemix.

Conforme explica Julidori, o Cloud Exchange funciona como um ponto de agregação de nuvens para facilitar a migração de cargas de trabalho. Segundo ele, a solução tem um papel importante porque mover cargas de trabalho em um ambiente de nuvem é um desafio muito grande, devido a sua complexidade. “Ela ajuda a balancear as cargas de trabalho e a reduzir o consumo de recursos computacionais, já que a migração de cargas de trabalho em nuvem exige a criação de máquinas virtuais. Ou seja, é um primeiro passo para eliminar isso”, diz ele.

Um dos desafios da empresa é o de promover a rearquitetura de TI, oferecendo soluções que permitam que a migração para a nuvem gere um impacto positivo nos negócios. “As empresas estão percebendo que as questões de interconexão e conectividade estão impactando diretamente a performance de TI e a evolução dos seus negócios. Não existe adoção de uma estratégia de cloud bem-sucedida sem superar esse desafio”, explica Julidori.

Segundo ele, a preparação para este cenário é urgente. Ele cita o Global Interconnection Index, estudo publicado pela Equinix, o qual aponta que a capacidade de troca privada de dados entre empresas está superando a internet pública, e deve atingir uma taxa de crescimento cerca de duas vezes maior, englobando um volume em torno de seis vezes superior ao tráfego IP global, até 2020. “As empresas não podem deixar de olhar para esses dados se quiserem continuar sendo competitivas daqui para frente. Agilidade e segurança são palavras-chave e investimentos em uma nova arquitetura de tecnologia que melhore a performance do negócio é primordial”, alerta Julidori.

A composição de um ambiente híbrido possibilita a otimização total de custos e maior elasticidade para o ambiente, pois é possível contratar a necessidade de recursos dedicados e, em situações de pico, solicitar recursos de cloud on-demand, pagando somente quando utilizá-los. Na nova solução, o crescimento do ambiente com consumo de recursos sob demanda pode ser realizado dentro do próprio ambiente Equinix ou consumindo recursos de um dos provedores de cloud gerenciados pelo portal integrado.

“Queremos ajudar as empresas a usufruírem de soluções em cloud em todo seu potencial, facilitando o gerenciamento dos ambientes, independentemente de onde as cargas de trabalho estejam alocadas, se em ambiente público ou privado”, diz Julidori. “A solução permite escolhas mais eficientes e inteligentes, a partir de um ambiente interconectado e seguro”, conclui.

O executivo diz que o lançamento vem agregar valor aos serviços oferecidos pela Equinix e segue uma importante tendência que apresentará grande crescimento nos próximos anos. “Previsões do Gartner mostram que a nuvem híbrida será a forma mais comum utilizada pelas organizações em 2020, com 90% das empresas adotando recursos para gerenciamento de infraestruturas híbridas”, finaliza Julidori.