Tecnologia > Lançamentos, Storage

EMC reforça apostas em flash com storage para missão crítica

Versão do array VMAX é considerada pela fabricante como um “salto quântico” em soluções de armazenamento em estado sólido

08 de Março de 2016 - 08h00

A EMC revela um interesse cada vez maior em soluções de storage em flash. A companhia acaba de fortalecer essa ambição ao lançar uma versão do array VMAX, sua principal plataforma de armazenamento corporativo, baseada em discos de estado sólido (SSD).

A novidade é classificada pela fabricante como um “salto quântico” e garante suporte nativo ao arquivamento em blocos, sistemas abertos e mainframe com a capacidade de ser dimensionado para até 4 PB de dados.

“Hoje praticamente todas as nossas soluções suportam ‘discos’ flash, exceto as de arquivamento, cuja carga de trabalho não requer alta performance e continuam com discos mecânicos por conta do custo beneficio da solução”, comenta Marcio Sanchiro, gerente da companhia para América Latina e Brasil.

A estratégia de fortalecer essas linhas de produtos baseia-se no desejo da EMC em endereçar ferramentas para data center centers ágeis, definidos por software e preparados para um contexto de nuvem e big data. “O VMAX se encaixa perfeitamente nessa estratégia”, garante.

Sanchiro afirma que os subsistemas de armazenamento em flash vão acelerar a adoção de aplicações que exigem uma rápida ingestão de dados, maior poder de processamento analítico, interações mais rápidas e projetos orientados à Internet das coisas (IoT).

“A pressão sobre o armazenamento está muito grande”, sintetiza, projetando que, muito possivelmente, ambientes produtivos de banco de dados, big data, cloud e sistemas de gestão (ERP) migrem totalmente para tecnologias flash no futuro. Nesse contexto, backup e arquivamento talvez permaneçam suportados por fitas e discos mecânicos.

O gerente evita indicar se o reforço da companhia e o interesse em sistemas totalmente em flash seja uma resposta ao avanço de novos players, como a Pure Storage, ou de modelos de armazenamento em nuvem oferecidos pela Amazon Web Services (AWS).

“Nosso portfólio é focado em atender demandas e necessidades específicas de cada empresa, baseado na indústria e na carga de trabalho. As soluções totalmente flash vem complementar as nossas ofertas de armazenamento híbrido, ocupando novas necessidades de negócio, com o advento de novas aplicações que demandam mais e mais desempenho, menor consumo, mais agilidade, escalabilidade e menos espaço”, afirma.

O novo array VMAX , que é um dos carros-chefes da companhia, vem em dois novos modelos totalmente flash (450 e 850). A provedora observa grandes oportunidades para a solução em projetos de renovação da base instalada, iniciativas junto a service providers e nas verticais de finanças e telecomunicações.