Internet > Mídias Sociais, Social Business

Dez redes sociais mais relevantes de 2015

Ranqueamos as plataformas com mais usuários mensais ativos. Facebook opera quatro das 6 redes sociais mais populares do mundo

29 de Dezembro de 2015 - 09h15

Redes sociais e seus aplicativos de mensagem são mais populares do que nunca, mas quais deles são os mais populares?

Nós ranqueamos as plataformas com mais usuários mensais ativos e apesar da lista incluir aqueles que não são nenhuma surpresa, alguns serviços relativamente desconhecidos entraram na lista.

O Facebook detém e opera quatro das seis redes sociais mais populares no mundo. Apenas outros dois serviços, ambos da chinesa Tencent, entraram na concorrência. Confira a lista a seguir.

Facebook

O Facebook foi a primeira rede social a superar o 1 bilhão de membros e encerrou o terceiro trimestre de 2015 com 1,55 bilhão de usuários ativos mensais, incluindo os 1,39 bilhão em dispositivos móveis.

O número de usuários ativos diários também é algo impressionante, com 1,01 bilhão de usuários ativos por dia no final do terceiro trimestre, incluindo 894 milhões apenas em mobile.

WhatsApp

O WhatsApp se mantém verdadeiro a sua missão original de construir um simples app de mensagem que funciona em todas as plataformas móveis e pouco mudou desde o seu lançamento em 2009.

A aplicação superou 900 milhões de usuários mensais no início de setembro, de acordo com um post do co-fundador e CEO da companhia Jan Koum no Facebook. Quando a empresa co-fundada por Mark Zuckerberg adquiriu o aplicativo por US$ 21,8 bilhões em fevereiro de 2014, o WhatsApp tinha 450 milhões de usuários ativos mensais.

Tencent QQ

O aplicativo de mensagens Tencent QQ, comumente conhecido como “QQ” ou “QZone”, tinha 860 milhões de usuários mensais no final do terceiro trimestre de 2015. A companhia chinesa Tencent Holdings Limited detém e opera o serviço e a maioria dos usuários da plataforma reside na China e em outros países asiáticos. O QQ foi lançado no início de 1999 como um app IM (Instant Messenger).

Facebook Messenger

O aplicativo de mensagens independente do Facebook foi lançado em agosto de 2011, mas ele não teve sucesso até que a companhia “forçou” que seus usuários baixassem o aplicativo dedicado em 2014.

De acordo com o cofundador Mark Zuckerberg, o Facebook Messenger tinha 700 milhões de usuários no início de junho, sendo que 100 milhões deles adotaram o serviço durante as 10 semanas após o anúncio de seu CEO.

WeChat

Outro app da chinesa Tencent reportou 650 milhões de usuários mensais no final do terceiro trimestre de 2015. Cerca de 11% dos usuários do WeChat estavam localizados fora da China até o final do segundo trimestre. A ferramenta se tornou disponível em 2011, e atualmente ganha cerca de 10 milhões de novos usuários a cada mês.

Instagram

Quando o Facebook adquiriu o Instagram por US$ 1 bilhão em abril de 2012, o aplicativo de compartilhamento de imagens tinha cerca de 27 milhões de usuários totais registrados. O Instagram então anunciou que havia superado 400 milhões de usuários mensais em setembro de 2015 e que 100 milhões deles adotaram o serviço durante os nove meses seguintes ao anúncio. Atualmente, o app ganha cerca de 10 milhões de novos usuários a cada mês.

Twitter

O Twitter tem sido criticado pelo seu baixo crescimento de usuários nos últimos dias, mas ele se mantém como uma das redes sociais mais usadas do planeta. A companhia fechou o terceiro trimestre de 2015 com 320 milhões de usuários mensais e 80% deles acessaram o serviço, pelo menos, uma vez ao mês em dispositivos móveis, de acordo com a companhia.

Line

O serviço de mensagens criado no Japão espera ter mais de 700 milhões de usuários registrados até o final desse ano. O Line reportou que contava com 212 milhões de usuários mensais ativos em setembro de 2015. Em 2011, 15 engenheiros trabalhando para o provedor de buscas coreano Naveer desenvolveram o app e apesar de ter se tornado desde então um serviço separado, o Line continua sendo um subsidiário da Naveer.

Sina Weibo

Um dos sites mais populares na China é uma espécie de mistura entre Facebook e Twitter. No final da primeira metade desse ano, a companhia disse que tinha 212 milhões de usuários mensais ativos, que representava um acréscimo de 36% em relação ao ano anterior. Usuários móveis fizeram 85% dos usuários totais da companhia em junho de 2015, de acordo com a companhia. O Sina Weibo atingiu uma média de 93 milhões de usuários por dia no mesmo mês.

Pinterest

A rede de compartilhamento de referências de imagens superou os 100 milhões de usuários mensais em setembro, de acordo com uma matéria do The New York Times, o álbum de recorte digital também continua a adicionais mais mecanismos para compra e publicidade.