Cloud Computing > Cloud Híbrida

Com open source Red Hat, Lufthansa Technik migra infraestrutura para nuvem híbrida

Tecnologias de container e nuvem híbrida da Red Hat que operam no Azure fornecem a base para os serviços de aplicativos

11 de Maio de 2018 - 11h01

A Lufthansa Technik, fornecedora de manutenção e servço para aeronaves, migrou seus dados para uma infraestrutura de nuvem híbrida, baseada nas tecnologias open source para o mercado corporativo da Red Hat, que opera no Microsoft Azure.

Colaborando com a Red Hat, a Lufthansa Technik criou a AVIATAR - plataforma aberta que ajuda clientes do setor de aviação a trabalhar melhor juntos e a proporcionar ofertas digitais projetadas para melhorar a experiência geral do cliente. Com as tecnologias de Linux container da Red Hat e de automação, combinadas com ágeis processos de DevOps, a Lufthansa Technik aagora pode desenvolver e implantar novas aplicações mais rapidamente e promover a integração entre a infraestrutura interna e soluções de terceiros.

Matthew Hicks, vice-presidente sênior de Engenharia da Red Hat, comenta que a Red Hat está empolgada em ajudar a viabilizar a transformação digital da Lufthansa Technik. "A criação de um novo portfólio digital centrado no cliente, capaz de atender às demandas do setor de aviação, exigia uma arquitetura flexível e uma nova maneira de trabalhar. As tecnologias da Red Hat estão no centro dessa mudança organizacional. Usando sua nova infraestrutura de nuvem híbrida, a empresa pode se concentrar em objetivo principal: melhorar a experiência dos passageiros de companhias aéreas", destaca.

Já Thorsten Pohl, gerente de Projetos e Sistemas de Informação da Lufthansa Technik AG, afirma que a Red Hat ajudou a tornar a empresa mais rápida e independente da nuvem. "Com a plataforma Red Hat OpenShift Container, por exemplo, podemos implementar uma nova aplicação imediatamente, sem esperar por qualquer infraestrutura, o que nos permite produzir resultados em apenas alguns dias e ter um produto viável depois de apenas algumas semanas", explica.

A Lufthansa Technik montou um ambiente de nuvem híbrida usando o Microsoft Azure e a infraestrutura on-premise para executar os serviços de aplicativos da AVIATAR. Isto permite que a empresa implante mais rapidamente novos componentes e forneça uma opção de cloud pública para os usuários do AVIATAR. Junto com um stack de software da Red Hat, a Lufthansa Technik está adotando o open e uma arquitetura independente do fornecedor, com uma visão para um cenário multicloud.

As equipes de TI e desenvolvedores da Lufthansa Technik agora podem usar práticas e processos modernos, desde DevOps e automação até componentes de infraestrutura modulares e baseados em micros serviços para iterar mais rapidamente novas ideias. Podem, ainda, levar aplicações ao mercado em semanas, em vez de meses ou anos.