| Saiba mais  Patrocinado por

Com APIs e poder computacional, Google Cloud Platform democratiza acesso a machine learning e I.A

A smart cloud da GCP oferece modelos pré-prontos de APIs de reconhecimento de voz, imagem e vídeo; ou poder computacional infinito para quem quer fazer seus próprios modelos

26 de Maio de 2017 - 09h58

Durante o Google NEXT 2017, evento da Google Cloud (GCP), realizado em março deste ano em San Francisco, uma das palestras mais esperadas era da guru em Inteligência Artificial (IA) Fei-Fei Li, cientista chefe da área de IA e Machine Learning (ML) da Google Cloud.

Foi a primeira palestra pública de Fei-Fei Li, que há cinco meses ocupava o cargo de diretora do centro de pesquisas em Inteligência Artificial de Stanford. Fei-Fei anunciou sua principal missão: democratizar o uso de inteligência artificial para as empresas.

O que na prática quer dizer aplicar toda sua experiência acadêmica e de pesquisas para identificar os problemas que o aprendizado de máquina e a inteligência artificial podem resolver em diferentes indústrias e criar formas de as empresas adotarem rapidamente as tecnologias disponíveis da plataforma de cloud da Google.

“Se conseguirmos combinar o alcance massivo da Google Cloud Platform com o poder da IA e tornarmos isso disponível para todos, então estaremos testemunhando a maior melhoria de qualidade de vida que já aconteceu na história”, garante Fei-Fei.

O modelo oferecido pela GCP atende às empresas em duas frentes:

- Colocando seu gigantesco poder computacional na nuvem à disposição das empresas que já possuem cientistas de dados e especialistas em IA para que possam criar seus próprios modelos de machine learning usando algoritmos de deep learning e rodá-los na Cloud Machine Learning Engine;

- Oferecendo modelos pré-prontos e treinados de machine learning que utilizam o Machine Learning Engine e podem ser aplicados pelas empresas usando APIs para incrementar suas aplicações corporativas com benefícios como entendimento de linguagem natural e reconhecimento de imagens e vídeo.

A vantagem das APIs

A proposta da área de IA/ML da Google Cloud Platform ganha ainda mais relevância quando vemos que, embora a IA esteja ganhando importância em velocidade exponencial no mercado, a grande maioria das aplicações ainda acontece em nível acadêmico e as empresas usuárias ainda precisam construir modelos e formar ou contratar pessoas para avançar.

Ao buscar democratizar o uso de IA/ML nas empresas, a Google Cloud oferece em sua plataforma um conjunto de APIs já prontas e expertise que pode ser acessado rapidamente pelas empresas para montar e rodar seus modelos em larga escala.

Assim, usando modelos pré-prontos de machine learning, por meio de APIs é possível agregar às aplicações corporativas serviços inteligentes como reconhecimento de linguagem natural, tradução de linguagem natural, busca e reconhecimento de imagens ou entidades (figuras específicas como "cão", "carro" etc.) dentro de trechos de vídeos, todos recursos que a Google desenvolveu internamente para seu próprio uso e que agora são colocados à disposição dos usuários da GCP.

Diferentes verticais

Uma das APIs mais interessantes disponíveis atualmente é a Cloud Video Intelligence API, que permite fazer buscas inteligentes em conteúdo em vídeo. O computador é capaz de reconhecer determinadas entidades ao longo de todo o vídeo, permitindo ao operador buscar e localizar rapidamente o trecho onde está aquela determinada entidade buscada.

A suite de APIs de machine learning da GCP ainda inclui: Cloud Jobs API, Cloud Natural Language API, Cloud Speech API, Cloud Translation API, Cloud Vision API

Em verticais, a GCP oferece diferentes oportunidades de uso de machine learning em manufatura, varejo, áreas de healthcare e ciências da vida, viagens e hospitalidade, serviços financeiros, energia e utilities, para citar alguns.

Entenda, descubra, use: para conhecer mais sobre as ofertas de Machine Learning da Google Cloud Platform visite o site.