Movimento tem como objetivo fortalecer a proteção de soluções orientadas à Internet das Coisas

01 de Julho de 2015 - 11h29

A Cisco desembolsará pelo menos US$ 635 milhões pela OpenDNS. A compra fortalece a estratégia de “Security Everywhere” (algo que, em tradução livre, pode ser classificado com “segurança pervasiva”) da fabricante de tecnologias de redes. O movimento tem como objetivo fortalecer a proteção de soluções orientadas à Internet das Coisas.

Fundada em 2005, a companhia adquirida oferece serviços em nuvem que ajudam clientes a previnirem conexão em endereços IP perigosos, como sites associados a atividades criminosas, botnets e a baixarem conteúdo malicioso.

A Cisco revelou a estratégia de Security Everywhere em sua conferência para clientes, no início de junho. Um dos elementos considera usar a rede e sensores embarcados para fortalecer políticas de segurança.

A OpenDNS reforça esse plano. A oferta da companhia coleta inteligência de uma ampla rede global para bloquear conexões de endereços que são classificados como potenciais ameaças. Como se trata de um serviço, a solução integra-se rapidamente a diversos mecanismos de infraestrutura.

Com a compra, as equipes da companhia se reportarão ao líder de segurança da Cisco, David Goeckeler. A expectativa é que a transação seja concluída no primeiro trimestre de 2016.