Internet > Banda Larga

Cidade de São Paulo fará parte do programa Internet para Todos

Adesão será assinada oficialmente pelo prefeito Joao Doria na segunda-feira

23 de Fevereiro de 2018 - 16h31

Uma cerimônia na próxima segunda-feira (26/2) marcará a adesão da cidade de São Paulo ao programa Internet para Todos, que visa levar a internet banda larga a localidades de todo o país que hoje não contam com conectividade. O evento contará com participação do prefeito Joao Doria, bem como do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

O acordo prevê também a implementação de ações conjuntas para expandir projetos de inclusão digital, como a revitalização de 300 Telecentros.

Ainda, a cerimônia marcará a assinatura de acordos de cooperação entre a prefeitura de São Paulo e o Principado de Mônaco para a instalação de coletores de lixo eletrônico em parques municipais e também com o MCTIC para reciclagem de eletrônicos.

Banda larga

As conexões do programa Internet para Todos serão feitas por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), em órbita desde maio de 2017 e com previsão de 18 anos de vida útil, e pelo programa Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac).

O Gesac é uma iniciativa do MCTIC que oferece gratuitamente conexão à internet em banda larga – por via terrestre e satelital – a telecentros, escolas, hospitais e postos de saúde, aldeias indígenas, postos de fronteira e quilombos. Ele é direcionado, prioritariamente, para regiões remotas e em situação de vulnerabilidade social.

Já o SGDC é parte do esforço do governo federal para ampliar o acesso à internet banda larga no país. Lançado em 4 de maio deste ano, é o primeiro satélite geoestacionário brasileiro de uso civil e miliar. O projeto é fruto de uma parceria entre o MCTIC e o Ministério da Defesa, com investimentos estimados em R$ 2,7 bilhões. A previsão é que ele seja operacional por 18 anos.