Carreira

Start-Up Brasil abre inscrições para aceleração de 50 novas startups

Programa Start-Up Brasil está oferecendo bolsas de até R$ 200 mil para as selecionadas. Inscrições terminam em outubro.

23 de Setembro de 2014 - 07h47

O programa Start-Up Brasil está com inscrições abertas para a seleção de mais 50 startups (empresas nascentes de base tecnológica) para integrarem a turma 4 do programa de aceleração. Cada startup apoiada recebe até R$ 200 mil em bolsas. Inscrições terminam em 24 de outubro.

O programa faz uma chamada pública por ano para startups, realizada em duas rodadas de seleção. Desde sua criação já recebeu mais de 2.200 inscrições e selecionou 131 startups nas turmas 1 e 2, das quais 95 foram efetivamente apoiadas após firmarem contrato com as aceleradoras. A turma 3, cuja seleção foi anunciada no começo de setembro, está em processo de negociação com as aceleradoras.

“O Programa Start-Up Brasil tem viabilizado o desenvolvimento acelerado de centenas de novas empresas inovadoras brasileiras. Temos notado um crescente aumento na qualidade dos projetos entre as edições, o que é uma ótima notícia. As startups revitalizam o mercado, mantêm a economia ativa e potencializam um ambiente de inovação e negócios para o país.”, comenta Felipe Matos, COO do Programa Start-Up Brasil. 

Inscrição
Para concorrer a uma vaga no programa Start-Up Brasil as empresas devem ter no máximo 4 anos de constituição e precisam desenvolver software, hardware e serviços de tecnologias da informação ou, ainda, criar novas soluções que busquem utilizar software, hardware e/ou serviços de TI (Tecnologia da Informação) como elementos do seu esforço de inovação. 

As inscrições de startups ocorrem via edital e precisam atender a todos os critérios de elegibilidade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI) para startups nacionais e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para startups internacionais. 

Entre as propostas enviadas serão selecionadas cerca de 50 startups, sendo até 25% das vagas oferecidas para startups internacionais, que devem se mudar para o Brasil para receberem o apoio. Após a divulgação das startups selecionadas pelo programa, cada empresa tem 60 dias para negociar com até seis aceleradoras das 12 qualificadas pelo programa e fechar negócio com uma delas.

Aceleração
Firmado o contrato, a startup passa a fazer parte do programa de aceleração, recebendo assim um apoio de até R$ 200 mil em bolsas de pesquisa, desenvolvimento e inovação para empreendedores e atração de recursos humanos. Além dessa bolsa, a startup recebe um aporte financeiro da aceleradora, que pode variar de R$ 20 mil a R$ 200 mil para inserção no mercado, além de ingresso no programa de aceleração, que conta com mentorias, coaching, treinamentos, assessoria jurídica, networking, entre outros benefícios. 

As inscrições estão abertas de 15 de setembro a 24 de outubro de 2014 no site http://www.startupbrasil.org.br/inscricoes-startups/.