Tecnologias Emergentes > Finanças, Startups

Capgemini aposta em FinTechs para levar inovação para clientes globais

Por meio de seus centros globais de inovação, a empresa vai selecionar FinTechs para receber incubação e investimentos

06 de Janeiro de 2017 - 16h21

Com foco em trazer mais inovação para seus clientes de serviços financeiros, a Capgemini, um dos líderes globais de serviços de consultoria, tecnologia e terceirização, lançou uma iniciativa global direcionada para a seleção de FinTechs ao redor do mundo para receberem apoio na forma de incubação e investimentos.

A iniciativa vai usar o expertise dos centros de inovação da Capgemini, chamados de Applied Innovation Exchanges (AIEs), que conduzirão um amplo processo de curadoria e colaboração. "Seja gerando uma experiência excepcional ao cliente ou melhorando sua eficiência operacional, a inovação das FinTechs é um catalisador para o setor", diz Thierry Delaporte, líder da unidade de negócios de serviços financeiros globais da Capgemini e membro do board executivo do Grupo.

"Como o ritmo de inovação da tecnologia de serviços financeiros acelerou, a Capgemini decidiu desenvolver esta iniciativa para conectar seus clientes com a inovação das FinTechs também de forma mais rápida", explica o executivo.

Curadoria diferenciada

A Capgemini garante que sua iniciativa é única porque vai além do conceito tradicional de incubadora, uma vez que a empresa terá participação ativa no processo de validação, e o processo de incubação será conduzido em colaboração com os clientes, evoluindo as principais propostas de valor das FinTechs participantes.

Adicionalmente, a companhia endereçará os maiores desafios da inovação externa, eliminando lacunas de adoção como dificuldades de integração, gerenciamento de dados e mudanças de processo, além de requisitos de conformidade e regulatórios.

A empresa espera fazer uma busca abrangente de candidatos em todas as categorias de FinTechs, incluindo startups orientadas para a tecnologia empresarial. A iniciativa FinTech global abrangerá todos os segmentos e áreas de processo abordados pela prática de serviços financeiros da Capgemini.

A rede global de AIEs da companhia entrará não só em curadoria e incubação, mas também como canais para a realização de bootcamps, hackathons e innovation days. Além disso, os participantes terão acesso a uma grande comunidade de conselheiros, clientes e parceiros da Capgemini para co-criar modelos de negócios, proporcionando oportunidades para ganhar vantagens competitivas.

Colaboração

A Capgemini trabalhou em parceria com o MaRS Discovery District, um hub global de inovação sediado em Toronto, que abriga o maior cluster de tecnologia financeira do Canadá. "Esta relação é um forte reconhecimento da qualidade da inovação da FinTech no país. O processo de curadoria da Capgemini certamente proverá novos canais para que as FinTechs canadenses identifiquem oportunidades de negócios e investimentos em mercados globais emergentes", explicou Adam Nanjee, líder de tecnologia financeira da MaRS.

Recentemente, a Capgemini lançou um estudo sobre o tema, chamado World FinTech Report, que pode ser baixado no site www.capgemini.com/the-world-fintech-report-2017