Negócios > Analytics, Internet das Coisas, Investimentos

Brasileira WebRadar recebe aporte de R$ 40 milhões da Qualcomm e DGF

Empresa é especializada em big data analytics e Internet das Coisas (IoT) com foco em verticais de Telecomunicações, Transportes e Energia

30 de Janeiro de 2016 - 23h34

A empresa brasileira WebRadar, focada em Big Data Analytics e IoT (Internet das Coisas), aplicada às verticais de Telecomunicações, Transportes e Energia, recebeu uma nova rodada de investimentos no valor de R$ 40 milhões aportados pela Qualcomm e o DGF Investimentos.

O dinheiro, segundo a companhia, será usado para apoiar sua estratégia de internacionalização e desenvolvimento de novos produtos. A WebRadar oferece hoje soluções analíticas de suporte à tomada de decisão para clientes no Brasil, Canadá, EUA, México, Peru, Argentina, Chile, Bolívia e Itália e suas aplicações monitoram mais de 1 milhão de ativos e processam mais de 1 bilhão de registros por hora.

Com esse novo aporte, a WebRadar passa a ter três investidores estratégicos (Intel, Citrix e Qualcomm) e um investidor financeiro (DGF Investimentos). "O investimento antecipará o lançamento de produtos inovadores no nosso portfólio e nos fará avançar principalmente nos mercados dos Estados Unidos e Europa. Em um segundo momento, também vamos avaliar a entrada em outras verticais de negócio além das que já atendemos", afirma Adriano da Rocha Lima, CEO da WebRadar.

Segundo Frederico Greve, sócio diretor do DGF, o modelo de negócios e as soluções de Big Data Analytics desenvolvidas pela WebRadar se encaixam na estratégia de investimento do gestor. "A WebRadar surgiu como uma empresa atuando forte para suportar as operadoras globais a melhorar a sua qualidade de rede, além de ser uma catalizadora para Internet das Coisas (IoT). Por esta razão, nós decidimos realizar esse investimento ao lado da DGF", diz Carlos Kokron, vice-presidente, Qualcomm Ventures, Latin América.