API da semana

Por felipe.dreher
Sobre esse blog:

As APIs são a "cola" da Internet.
Entusiasta por tecnologia e geek convicto, Kleber Bacili é CEO da Sensedia

Home > API da semana

O poder das APIs para a melhoria da qualidade dos serviços ao cidadão

19 de Dezembro de 2014 - 10h48

O governo dos EUA tem feito um ótimo trabalho com o desenvolvimento e exposição de APIs recentemente. Prefeituras e o governo federal promovem ações para a criação de aplicações que possam dar mais vida para os dados disponibilizados pelo governo. Uma das mais legais é da FDA (Food and Drug Administration — equivalente à brasileira Anvisa). Um dos principais evangelistas de APIs nos EUA, Kin Lane, fez um review detalhado dessa API.

A aplicabilidade do conceito de Open APIs para o setor governamental é enorme. Até onde eu consegui apurar, o governo brasileiro já deu alguns passos na direção de tornar os dados mais abertos e também para fomentar o interesse na utilização desses dados.

Conheci recentemente um grupo de trabalho que tem o objetivo de definir a infraestrutura nacional para dados abertos (INDA) e também o portal oficial com os dados abertos brasileiros (dados.gov.br).

A ideia de um portal unificando tudo é bacana. Existem muitas APIs em diversos formatos (em JSON, por exemplo, são exatamente 234). Essa iniciativa também ajuda a determinar regras e orientar órgãos governamentais a criarem suas estruturas de dados de forma aberta. Se você quiser se manter informado sobre os dados que são disponibilizados, siga o twitter: https://twitter.com/dadosgovbr

Depois de navegar e conhecer melhor essa iniciativa tomei a liberdade de fazer uma reflexão e analisar aspectos de melhoria. Abaixo listo os que mais me chamam a atenção:

- No final das contas, o que importa é quais aplicações são construídas usando esses dados e como essas aplicações podem contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços para o contribuinte.

– Aparentemente não há identificação de aplicação e, portanto, mesmo que a API seja bastante utilizada, os responsáveis pelos dados não conseguem promover as aplicações para a comunidade. Muitos dos hackathons que estão acontecendo ainda trabalham com dados estáticos, o que dificulta muito a criação de aplicações realmente úteis.

– Me parece que o propósito do portal Dados.gov.br é muito mais em organizar a grande quantidade de dados disponíveis que efetivamente ajudar o desenvolvedor a criar aplicações usando os dados. A documentação é pouco interativa, o formato não é tão simples de entender, não há SDK’s ou exemplos de como usar as APIs em linguagens de programação como Java, .Net, PHP etc.

– É tudo somente GET! Ou seja, tratam-se de “tabelas” disponibilizadas em formatos programáticos como XML e JSON. Não vemos outras operações disponíveis para que as aplicações construídas possam contribuir com a criação/atualização do dado – ou seja, nada de POST, UPDATE ou DELETE. Se encararmos isso como “o começo”, então tudo bem, mas eu esperaria ver algum acesso de escrita.

– Em decorrência disso, vemos também poucos fluxos de negócio. O foco total é no formato do dado, então acabamos temos poucos – ou nenhum – exemplo de aplicação real consumindo os dados. Os exemplos são muito importantes e pouco presentes aqui.

O potencial é enorme.

A direção me parece estar correta.

Entretanto acredito que ainda estamos somente no início dessa jornada!

Posts anteriores

Todos os Blogs