Tecnologias Emergentes > Blockchain

Bitcoin bate novo recorde e agora vale mais de US$ 7 mil

Só neste ano, a moeda acumulou uma alta de mais de 650%. Valor de mercado da moeda digital já superou os US$ 110 bilhões

03 de Novembro de 2017 - 19h47

Mais uma vez o bitcoin bateu um novo recorde. Na quinta-feira, 2, a moeda digital atingiu, pela primeira vez, a marca de US$ 7 mil e nesta sexta-feira, 3, uma única bitcoin vale cerca de US$ 7.280, segundo cotação do site CoinDesk. Só neste ano, a moeda acumulou uma alta de mais de 650%. 

Segundo analistas, a mais recente valorização da moeda se deu em paralelo a uma onda de vendas em outras grandes moedas digitais. Ether caía 3%, para US$ 289; ripple recuava 1,4%, para US$ 0,20 e litecoin baixava 3%, para US$ 53. Já a Bitcoin Cash subia 11%, a US$ 549.

Na quarta-feira, 1º, o bitcoin já tinha dado um salto significativo, quando chegou a ser negociado a US$ 6.600. Na ocasião, analistas apontaram que a valorização era uma resposta direta ao anúncio de que o CME Group passaria a oferecer opções para negociações da moeda virtual. O CME é o maior operador de bolsas de derivativos do mundo e divulgou que vai lançar contratos futuros de bitcoin ainda neste ano.

O valor de mercado apenas da bitcoin já superou os US$ 110 bilhões. Segundo levantamento da Reuters, o valor agregado de todas as criptomoedas atingiu o patamar de cerca de 184 bilhões de dólares. Isso corresponde a aproximadamente ao valor combinado dos bancos Goldman Sachs e Morgan Stanley.