TI na Prática > Internet das Coisas

Beach Park terá atração com experiências tecnológicas

Parque em Fortaleza também contará com vídeo enviado via SMS e estuda possibilidade de ter pulseira de identificação por proxidade

22 de Março de 2018 - 17h13

O Beach Park, localizado em Fortaleza, irá inaugurar, ainda neste ano, a sua 19ª atração, o Vainkará, que já está sendo construído, e integrará experiências tecnológicas para o visitante durante a descida no brinquedo.

No estilo Tornado Wave, a novidade é o primeiro equipamento da categoria da América Latina e o segundo do mundo. O visitante terá de encarar uma altura de quase 25 metros, passando por duas rampas que fazem parte do trajeto e deixam as boias praticamente em posição vertical. A sensação é de “dropar na crista de uma onda”.

As pistas de entrada de alta velocidade manobram com os usuários em boias de até quatro lugares pelas curvas e mergulhos. O suspense tem o seu auge quando a primeira queda íngreme, bem escura, aparece e faz com que a boia encontre uma grande onda. Antes que o visitante possa tomar fôlego, já encontra uma segunda onda que deixa o brinquedo ainda mais radical.

O frio na barriga é inevitável e a sensação de gravidade zero faz com que o trajeto de 30 a 40 segundos dure uma eternidade.

O projeto foi desenvolvido pelo Dream Engineers (Engenheiros Sonhadores), departamento do Beach Park responsável por criar novidades para os visitantes em parceria com a maior fabricante de toboáguas do mundo, a empresa canadense ProSlide.

Além da inauguração da atração, o Beach Park vai trazer mais uma novidade: o desenvolvimento de tencologia desenhada em parceria com a Visa, e a Getnet, empresa de tecnologia do grupo Santander. Com a gravação da sua experiência durante a descida no Vainkará, na saída da atração, o cliente verá o seu vídeo e receberá via SMS.

A parceria tem o objetivo de proporcionar tecnologia e integração entre as três empresas para garantir benefícios e experiências exclusivas, novas soluções de pagamento e atrações diferenciadas durante a visitação no parque. "Trabalhamos para proporcionar a melhor experiência possível para os nossos visitantes", afirma Murilo Pascoal, Diretor Geral do Beach Park Entretenimento. As tecnologias que serão utilizadas possibilitam mais diversão, segurança, comodidade e conteúdo para ser compartilhado aos visitantes.

Os parceiros estudam implantar uma nova tecnologia desde o momento da entrada no parque até a experimentação das atrações: a pulseira de identificação eletrônica poderá também ser usada para compras em todas as maquininhas sem fio disponíveis no parque e também fora do parque, uma aplicação inédita no mundo.

A pulseira ainda permitirá que o visitante use o valor remanescente em compras, assim como recarregar com novos valores, mesmo que esteja em outros estabelecimentos fora do Beach Park que aceitem a tecnologia contactless.