Gestão > Data Lake

Banco Industrial melhora gestão de dados de clientes com ferramenta de MDM

Com implantação de plataforma de gestão de dados mestres (MDM), banco conseguiu ter uma visão única de cada correntista e, ao mesmo tempo, eliminar o risco de duplicidade e inconsistência de informações

28 de Julho de 2017 - 17h02

Com inúmeros sistemas para cadastro de clientes, o Banco Industrial do Brasil (BIB), banco comercial que em 1994 sucedeu o então Banco Santista, fundado em 1988, se deparou nos últimos tempos com a necessidade ter uma visão única e consolidada de cada correntista e, ao mesmo tempo, eliminar o risco de duplicidade e inconsistência de informações.

Após avaliar diversos sistemas disponíveis no mercado, o banco optou pela solução STEP Trailblazer, da Stibo Systems, uma plataforma de gestão de dados mestres (MDM) que opera por meio de um repositório centralizado de dados que podem ser utilizados para tomada de decisão nos processos operacionais. "O que nos levou a escolher a solução da Stibo foi a flexibilidade da ferramenta, a metodologia de gestão de processos e a possibilidade de rastrear o histórico dos clientes, bem como a unificação de dados e processos de extração em uma única plataforma, além das questões de tratamento de informações”, enumera Diego Boschetti, gerente de TI do BIB.

Segundo o executivo, o que também motivou a escolha da ferramenta foi o fato de possibilitar diferentes tipos de integração, já que o banco opera com uma heterogeneidade de soluções, e à sua escalabilidade.

A ferramenta de MDM, que ainda está em processo de implantação e cuja conclusão está prevista para setembro, oferece um repositório centralizado de dados que podem ser utilizados para a tomada de decisões nos processos operacionais da instituição financeira. Além disso, o STEP Trailblazer normaliza os dados de acordo com regras de negócio e assegura sua unicidade e integridade, mantendo a organização e facilitando o rastreio de informações.

“A ferramenta também vai permitir o aprimoramento do compliance, já que o Banco Central exige que as instituições financeiras autorizadas a funcionar implementem sistemas para maior controle das informações. E o MDM da Stibo vai nos garantir uma fonte única de informações”, diz Boschetti.

De acordo com o executivo, a expectativa é que o STEP Trailblazer possibilite obter o conhecimento por completo do histórico de seus clientes e, com isso, oferecer melhores produtos e serviços, aumentando a retenção e fidelidade. “Conquistar ganhos de performance da equipe de tecnologia nos deliveries, disponibilizar informação para os clientes internos e externos de forma independente e melhorar a gestão das integrações no sistema, com garantia de fonte única e validada da informação, são alguns pontos que levamos em consideração ao firmar a parceria com a Stibo”, comenta Boschetti.

Outro benefício esperado é poder liberar a equipe de TI para atender as áreas de negócios do banco, que não possui agências — a operação é toda por meio da plataforma digital e gerentes comerciais. “Atualmente, temos 220 funcionários, dois quais 20 estão alocados no departamento de TI.  Com o MDM a ideia é direcionar essa equipe para projetos estratégicos de desenvolvimento do negócio”, diz o gerente de TI do BIB. 

Esta por sinal é uma das principais características da ferramenta apontadas por Ricardo Fornari, diretor geral da Stibo Systems no Brasil. “A STEP Trailblaze proporciona maior agilidade e disponibilidade do dado com independência da área de TI, além da redução de esforço para implantação de novas demandas em 30%”, afirma.

No caso específico do BIB, Fornari conta que a solução integra múltiplos sistemas, simplificando o processo de agregar e consolidar informações de várias fontes e formatos sobre os clientes do atacado e serviços de implantação. “A ferramenta conecta esses dados para obter informações realmente úteis e as publica em sistemas back-end, bem como em canais online e offline, tornando o processo mais simples e eficiente e permitindo que o BIB perceba o retorno de investimento na execução e manutenção de projetos de gestão de dados mestres”, explica ele, acrescentando que a solução consolida informações de diversas áreas do banco, como crédito, bancárias, empréstimos, cobrança e risco.

A implantação da ferramenta está sendo feita pela equipe de TI do BIB com apoio da Voxxel, parceira de negócios da Stibo. O projeto, segundo Boschetti, foi desenhado para atender inicialmente com os clientes do atacado. “Mas já estamos avaliando a implantação do MDM para o varejo e o cliente corporativo”, finaliza.