Segurança > APIs

Axway firma parceria com Elastic Beam para uso de AI em segurança de APIs

Empresas vão integrar soluções para proteger organizações contra ameaças

30 de Janeiro de 2018 - 15h05

A Axway anuncia parceria com a Elastc Beam para proteger organizações contra as crescentes ameaças de segurança. O foco é utilizar as soluções da empresa do Vale do Silício, que utilizam algoritmos de inteligência artificial (AI) para proteger APIs.

Juntas, as empresas vão integrar mecanismos de AI com o Axway API Gateway, que detecta e bloqueia automaticamente novos ataques a APIs. A integração do Elastic Beam emprega a política pré-configurada do Axway API Gateway disponível no Axway Marketplace, possibilitando que clientes controlem completamente seu ambiente.

APIs são um elemento essencial para modernizar infraestruturas de TI e representam uma nova oportunidade de ataque que é cada vez mais utilizada por hackers para invadir contas, roubar dados críticos de negócios e de consumidores, excluir informações importantes, cometer fraudes e realizar outras atividades criminosas, incluindo ataques de DDoS em APIs. Para proteger organizações contra tais ameaças, as infraestruturas precisam não apenas empregar a segurança do API Gateway, como também identificar e bloquear hackers dinamicamente. O Elastic Beam usa um mecanismo de AI avançado para classificar sessões de API e tráfego para identificar o que é normal ou suspeito em processos automatizados.

Bernard Harguindeguy, CEO da Elastic Beam, comenta que, hoje, observa um fluxo de ataques de API em todo o mundo, sendo que a maioria passa despercebida já que as organizações ainda lutam com esse novo conjunto de ameaças. "Na verdade, muitas marcas pequenas tiveram que se desculpar por ataques notórios que usaram suas APIs para roubar informações de clientes", destaca. "A Elastic Beam tem o prazer de trabalhar com uma consagrada líder de gerenciamento de APIs como a Axway para oferecer proteção contra um amplo conjunto de ataques de segurança cibernética em APIs, enfrentados constantemente por organizações globais", completa.