Amazon Web Services aposta no mercado de BaaS para bater de frente com empresas como Oracle, IBM e Huawei

23 de Abril de 2018 - 10h08

A Amazon Web Services (AWS) anunciou o lançamento do Blockchain Templates, plataforma de blockchain as-a-service que concorre com produtos similares de empresas como Oracle e IBM.

Jeff Barr, evangelista da companhia, explica que os modelos criados permitem iniciar uma rede Ethereum (pública ou privada) ou Hyperledger Fabric (privada) em questão de minutos e com apenas alguns cliques. "Os modelos criam e configuram todos os recursos da AWS necessários para você seguir de maneira robusta e escalável", escreveu, em post no seu blog.

“Algumas das pessoas com quem falo vêem as blockchains como a base de um novo sistema monetário e uma forma de facilitar os pagamentos internacionais. Outros vêem blockchains como um ledger distribuído e uma fonte de dados imutável que pode ser aplicada a logística, cadeia de suprimentos, registro de terras, crowdfunding e outros casos de uso. De qualquer forma, fica claro que há muitas possibilidades intrigantes e estamos trabalhando para ajudar nossos clientes a usar essa tecnologia de maneira mais eficaz", destaca Barr.

Os AWS Blockchain Templates fornecem uma maneira rápida de criar e implantar redes blockchain seguras usando estruturas populares de código aberto. Esses modelos permitem que desenvolvedores se concentrem na criação de seus aplicativos blockchain em vez de gastar tempo e energia na configuração manual de sua rede blockchain.

Os AWS Blockchain Templates implementam a estrutura blockchain nos contêineres em um cluster do Amazon Elastic Container Service (ECS) ou diretamente em uma instância do EC2 que executa o Docker. A rede blockchain é criada em seu próprio Amazon VPC, permitindo que o usuário utilize suas sub-redes VPC e Listas de Controle de Acesso de rede. É possível atribuir permissões granulares usando o AWS IAM para restringir quais recursos ao cluster do Amazon ECS ou à instância do Amazon EC2 podem acessar.

Não há cobrança adicional para os modelos AWS Blockchain. O usuário paga apenas pelos recursos necessários para executar a rede blockchain.

Resposta ao mercado

O lançamento ocorre seis meses após a Oracle revelar seu serviço de nuvem construído no projeto OpenWindard Open-source Fabric durante o Oracle OpenWorld e cerca de um ano depois que a IBM anunciou sua própria oferta blockchain-as-a-service baseada em Hyperledger.

Outra nova concorrente no mercado de BaaS é a Huawei, que anunciou sua plataforma também construída no Hyperledger, na semana passada. Ela se junta a outras empresas de tecnologia chinesas, incluindo a Baidu e a Tencent, que já possuíam plataformas de blockchain.