Carreira > Empregos

Atenção recém-formados: Habilidades com apps e videogames podem ajudar em vaga de emprego

Pesquisa da consultoria Robert Half revela que CIOs também valorizam conhecimentos fora da área de TI, como matemática, que podem ser benéficas para candidatos a uma vaga

25 de Maio de 2017 - 17h15

Quem diz que jogar videogame é uma perda de tempo? Uma pesquisa da consultoria Robert Half com mais de 2,5 mil CIOs revela os perfis e habilidades de candidatos a uma vaga de emprego mais valorizados por esses profissionais. No levantamento, os CIOs citam uma série de interesses que aumentam o apelo de um candidato a emprego de nível básico. Entre eles estão desenvolvimento de site ou app (50%), desenvolvimento de jogos de videogame (24%) e participação em hackathons (17%) — eventos que reúnem programadores, designers e outros profissionais ligados ao desenvolvimento de software para uma maratona de programação —, entre outras habilidades.

Os líderes de tecnologia também listam conhecimentos fora da área de TI que podem ser benéficas para candidatos a uma vaga. Matemática foi o principal conhecimento citado por 36% dos CIOs e 31% dos executivos de negócios e de marketing, seguido por marketing e negócios, citado por 31% dos líderes de TI, arte livre (22%) e psicologia (10%).

Uma das questões colocadas aos CIOs foi: "Quando se trata de recém-formados à procura de seu primeiro emprego na área de tecnologia, qual dos seguintes hobbies relacionados com a tecnologia ou atividades aumentam o seu interesse"

Os CIOs também foram perguntados: "Fora da área de TI, qual dos antecedentes abaixo dariam a um candidato maior vantagem competitiva?"

Veja um infográfico dos resultados da pesquisa.

"Embora não haja nada que substitua a experiência de trabalho, destacar passatempos e atividades relevantes pode ser uma maneira eficaz para os recém-formados demonstrarem a sua paixão pela indústria e impressionar os recrutadores", diz John Reed, diretor executivo sênior da Robert Half. "Para algumas áreas, como inteligência artificial, os líderes estão buscando funcionários com uma variedade de experiências. Aspirantes a profissionais de tecnologia, de uma área diferente de estudo, devem deixar claro para os potenciais empregadores como as suas habilidades podem ajudá-los a ser bem-sucedidos."

O analista também sugere que os recrutadores considerem mais do que apenas experiência anterior e qualificações acadêmicas ao avaliar candidatos para trabalhos de nível básico de TI. "Se você se concentrar apenas em realizações profissionais, pode deixar de fora candidatos que são inovadores, apaixonados por tecnologia e motivados para expandir suas habilidades", diz Reed. "Pode haver grande valor na formação de um candidato promissor que pode, potencialmente, se tornar um profissional top em sua equipe."

A Robert Half dá cinco dicas aos recém-formados que buscam por vagas de TI de nível básico:

1. Acione sua rede. Use redes sociais profissionais para se conectar com pessoas da indústria e solicitar entrevistas informativas para aprender mais sobre suas carreiras. Você também pode contatar recrutadores especializados que podem apresentá-lo a organizações que podem estar contratando para funções de nível básico.

2. Modifique sua pesquisa e material de aplicação. Em vez de enviar currículos, entre em contato com empregadores específicos que lhe interessam e personalize seu currículo de acordo com as necessidades da empresa. Para se manter atualizado, siga as empresas que você gosta em mídias sociais.

3. Faça o seu case. Trace paralelos entre os seus passatempos preferidos e como você pode adicionar valor à empresa como empregado. Os gerentes são atraídos para profissionais que são, por natureza, curiosos e querem aprender. Então ressalte esses traços durante a sua entrevista.

4. Destaque suas habilidades. Recrutadores de TI procuram pessoas com habilidades interpessoais excepcionais, com capacidade para resolução de problemas e comunicação. Ao se reunir com potenciais empregadores, destaque como você colaborou em projetos e enfrentou desafios.

5. Lembre-se do básico. Não deixe um pequeno erro — como chegar atrasado a uma entrevista ou vestir-se de forma inadequada — comprometa a sua procura de emprego. Ao se reunir com recrutadores, venha preparado com cópias do seu currículo, um forte aperto de mão e exemplos do que você pode oferecer, caso seja contratado.