Carreira > Cursos, Empregos, Programação

Aprenda programação de graça em cursos do MIT, Harvard e Stanford

Listamos cinco sites que oferecem treinamentos gratuitos de codificação para quem quiser avançar na carreira

04 de Dezembro de 2015 - 18h30

Como o avanço das tecnologias da informação no dia a dia das pessoas, saber programar virou uma atributo de suma importância para o futuro. A habilidade pode ser muito útil no trabalho e você pode aprendê-la ou aperfeiçoá-la de graça nos cinco sites listados abaixo. 

1. Code Academy

Só se aprende fazendo. Essa é a premissa do Code Academy, que dá pouca ênfase à teoria, mas possui diversos tutoriais interativos para incentivar a experiência prática. Seus cursos incluem: HTML & CSS, JavaScript, jQuery, PHP, Python e Ruby.

2. MIT open courseware

O MIT oferece muitos de seus cursos de graça na web, mas os de programação são exemplares. Para um bom começo, faça o Introduction to Computer Science and Programming, que ensina os fundamentos da prática. A lista completa dos programas disponíveis pode ser consultada aqui.

3. Khan Academy

O site foi projetado não só para estudantes de diversas idades, mas também para pós-graduandos, recorrendo a jogos, desenhos e outros recursos para ajudar no aprendizado. Entre outras coisas, a aula de programação ensina HTML & CSS e JavaScript, que também pode ser aprofundado em umc urso especializado na linguagem e SQL.

4. Coursera

A plataforma disponibiliza cursos de algumas das melhores universidades do mundo, como Stanford, Princeton, Brown e University of Michigan. A ciência da computação se destaca entre uma variedade de cursos, com centenas de opções de aulas. Iniciantes podem começar seus estudos pela Computer Science 101 from Stanford.

5. edX

Assim como o Coursera, esse site também oferece cursos de grandes universidades, incluindo Harvard, MIT e Cornell. Ele possui mais de 100 opções em ciência da computação e programação, sem contar as aulas em tópicos relacionados. Para iniciantes, o curso Introduction to Computer Science de Harvard é uma boa pedida. Já programadores mais avançados podem se interessar pelo Introduction to Mobile Application Development using Android, da Hong Kong University of Science and Technology.