Internet > Cloud Pública

Apple compra domínio icloud.net, que abrigava rede social asiática

Endereço enganava, por semelhança, usuários do serviço icloud.com. Aviso na página informa que a rede social fechará em 1 de março

23 de Fevereiro de 2017 - 07h53

A Apple finalmente conseguiu comprar o endereço de web icloud.net, que pertencia a uma pequena rede social asiática, e causava confusão pela semelhança com o endereço icloud.com, usado pela empresa para seu serviço de storage na nuvem.

Desde o dia 20 de fevereiro, a Apple aparece como controladora do endereço de web quando pesquisamos no site WHOIS. No site, um aviso assinado pelos antigos donos do icloud.net, a empresa chinesa TongLei, informa que a rede social será fechada a partir de 1 de março e que todos os seus arquivos serão destruídos.

O aviso também direciona para uma página de blog que omite a compra do domínio pela Apple e simplesmente diz que "decidimos fechar o iCloud.net e encerrar todos os seus serviços. Oferecemos esse serviço social desde 2011, mas agora iCloud.net encerrou sua missão e está na hora dele se aposentar".

Por uma incrível coincidência, o icloud.net começou a operar no mesmo ano que o serviço icloud da Apple foi lançado.

O domínio icloud.com foi comprado pela Apple em junho de 2011, alguns dias antes apenas do então CEO, Steve Jobs, anunciar o lançamento do serviço de nuvem da companhia. A Apple pagou mais de US$ 5 milhões pelo endereço que era de uma empresa sueca chamada Xcerion, que usava a URL para um serviço de storage online.

A Apple controla praticamente todos os domínios primários de internet com o nome iCloud, que é usado por ela para o serviço de nuvem cross-device e cross-SO que armazena tudo o que os usuários geram com dispositivos iOS e macOS e, muito importante, sincroniza tudo, desde bookmarks no browser Safari até fotos, entre iPhones, iPads e Macs. A empresa está registrada como dona dos domínios icloud.com, icloud.org, icloud.us e icloud.eu, por exemplo.