Internet > Lançamentos

Após compra de ativos de web do Yahoo, AOL cria Oath, nova empresa de internet

Nova companhia deve ser liderada por Tim Armstrong, CEO da AOL. Marissa Mayer deixará cargo de chefe executiva após conclusão da compra pela Verizon

04 de Abril de 2017 - 15h21

O Yahoo e o AOL formarão uma nova companhia após a Verizon Communications concluir a compra da primeira neste semestre. Segundo informações da Business Insider, a nova unidade atenderá pelo nome de "Oath". 

Quem indicou os novos planos para companhia foi Tim Armstrong, CEO do AOL, em um tuíte publicado nesta segunda-feira (03): “Bilhões+ de consumidores, 20+ marcas, um time incessante #TakeTheOath. Verão de 2017”, escreveu o executivo. Entretanto, Armstrong não elaborou mais sobre tais estratégias, tampouco explicou a razão do nome para a divisão.]

O novo caminho do Yahoo foi reforçado por um representante da AOL em um comunicado, como reporta a Bloomberg: “No verão de 2017, você pode apostar que lançaremos uma das marcas mais inovadoras no digital”. 
 
O próximo capítulo do Yahoo deve começar em algum momento deste trimestre quando a Verizon finalmente concluir sua compra. A operadora concordou em adquirir seu úcleo de negócios de Internet por US$ 4,8 bilhões em julho do ano passado. 
 
Com a compra, a Verizon ganha acesso a bilhões de usuários do Yahoo, um recurso valioso a medida que também espera expandir sua vocação em mídia móvel e publicidade digital, algo que poderia fazer da companhia uma grande concorrente para o Google e Facebook. 
 
O site Recode reportou, citando fontes próximas ao assunto, que Marissa Mayer não seguirá com a companhia quando esta for concluída pela Verizon e sob o novo nome de Oath, que deve ser liderada por Tim Armstrong, importante representante no processo de aquisição do Yahoo. 
 
Quando o Yahoo anunciou o acordo com a Verizon no ano passado, Marissa disse que planejava ficar na companhia. “Para mim, pessoalmente, eu planejo ficar”, disse ela na ocasião. “Eu amo o Yahoo, e acredito em todos vocês. É importante para mim ver o Yahoo entrar em seu próximo capítulo”. 
 
Após a conclusão da venda, o cargo de CEO da parte remanescente da companhia, que passará a ser chamar Altaba, será ocupado por Thomas McInerney, membro do conselho do Yahoo desde abril de 2012. McInerney atuou como vice-presidente executivo e CFO da IAC/InterActiveCorp de janeiro de 2005 a março de 2012.