Internet > Marketing Digital

Ana Moisés, diretora do LinkedIn na AL, assume a presidência do IAB Brasil

Com mais de 15 anos de experiência no mercado de internet e mídia, executiva atuou em big players do setor de tecnologia, como Yahoo e Microsoft

01 de Novembro de 2017 - 19h48

O IAB Brasil, entidade que atua para estimular a evolução da publicidade digital no país, elegeu na terça-feira, 31, sua diretoria para o ano de 2018. A nova presidente é Ana Moisés, diretora de área de soluções de marketing do LinkedIn para a América Latina. Com mais de 15 anos de experiência no mercado de internet e mídia, Ana atuou em big players do setor de tecnologia, como Yahoo e Microsoft.

Paula Puppi, CEO da Blinks, ocupará a posição de vice-presidente de agências. Raffael Mastrocola, diretor geral para a América Latina na The Community Miami, é o vice-presidente financeiro, e Fabrício Protii, managing director da Teads, será vice-presidente de veículos. A nova diretoria inicia suas atividades em 1º de janeiro do próximo ano.

O conselho consultivo da entidade será presidido por Cristiano Nobrega, CEO da Tail e atual presidente do IAB Brasil. Os outros conselheiros são Marco Bebiano, director of agency business do Google; Renato Domingues, líder de negócios do Facebook no Brasil; André Vinicius, diretor executivo de publicidade do UOL; Leandro Claro, chief marketing office da Youse/Caixa Seguradora; Fábio Rowinski, diretor de inteligência de mercado e produtos da Globo; Patrícia Amaro, responsável pela estratégia de e-commerce e digital da Unilever para America Latina; e Pedro Ramos, sócio do Baptista Luz Advogados e coordenador da área de transações de tecnologia do escritório.

Segundo Ana Moisés, o IAB Brasil tem percorrido um processo de evolução consistente e contínuo. “A entidade mudou muito desde que comecei a acompanhar os trabalhos. Percebo que, atualmente, há foco em temas mais delicados para o mercado, os quais estão sendo colocados na mesa e tratados com a urgência que merecem. São exemplos as ações de conscientização referentes a brand safety e fraudes digitais”, argumenta. “Para o próximo ano, pretendo adicionar à agenda e liderar discussões sobre a sustentabilidade na publicidade digital.”