Cloud Computing > Cloud Privada

Alunos e professores da USP terão acesso a serviço em nuvem da Amazon

Inicialmente, parceria levará a plataforma Amazon Web Services para a Escola Politécnica (Poli). Expansão já está nos planos

09 de Dezembro de 2016 - 16h48

A Universidade de São Paulo (USP) e a Amazon assinaram nesta semana um acordo de cooperação para que alunos e professores da Escola Politécnica (Poli) possam usar os serviços da plataforma na nuvem Amazon Web Services (AWS).

A parceria faz parte de uma iniciativa global da Amazon para disponibilizar recursos de cloud computing para a comunidade acadêmica e deverá ser expandida. “A ideia é começar o programa pela Poli e expandir para toda a universidade”, disse o diretor da  Poli, professor José Roberto Castilho Piqueira.

Atualmente, a USP tem um serviço de nuvem, mas que é usado apenas como plataforma de pesquisa para quem estuda o assunto. Com o novo acordo, os professores e alunos da Poli vão ganhar créditos para utilizar os serviços da Amazon Web Services nas aulas e em pesquisas.

Estima-se que o serviço poderá ser usado por entre 5 mil e 6 mil pessoas quando for expandido para as outras unidades da USP.