Aplicações > APPs

Accenture cria aplicativos para fabricantes de equipamentos industriais

Gama de apps pode ajudar a reduzir em até 12% os custos de consertos regulares e em até 30% os custos gerais de manutenção, afirma empresa

25 de Janeiro de 2017 - 15h46

A Accenture está criando uma gama de aplicativos para o MindSphere, plataforma da Siemens baseada em nuvem, para permitir que os fabricantes de equipamentos industriais se beneficiem de novos serviços baseados em insights de dados.

O MindSphere é um ecossistema de Internet Industrial das Coisas (IIoT na sigla em inglês), com fácil conectividade a todos os tipos de ativos industriais. Ele permite o desenvolvimento de aplicativos da Siemens e de outros fornecedores. O objetivo da Accenture é apoiar os fabricantes de equipamentos para grandes empresas (Original Equipment Manufacturers, OEMs), por meio da criação de um conjunto de aplicativos para o MindSphere, a fim de habilitar novos serviços digitais, tais como manutenção preditiva ou monitoramento remoto.

Segundo a consultoria, ao utilizar esses aplicativos, os fabricantes de máquinas e equipamentos industriais poderão se beneficiar com maior receita e satisfação do consumidor, ao mesmo tempo em que reduzem reclamações e custos de garantia. Os clientes podem reduzir o tempo de inatividade, os custos relacionados com manutenção e o consumo de energia, enquanto aumentam a vida útil de suas máquinas.

Os OEMs terão visibilidade oportuna e contínua de bens e equipamentos, como resultado da convergência da tecnologia operacional (TO) com a tecnologia da informação e máquinas cada vez mais conectadas com sistemas de gestão de produção, execução de manufatura, logística e planejamento empresarial. Com a aplicação de analytics avançado pela Accenture nos dados que seus sistemas geram, eles podem identificar e prever gargalos de desempenho e tomar decisões inteligentes sobre como melhorar as operações de ativos, gerenciar a força de trabalho, otimizar os riscos da cadeia de abastecimento e melhorar o processo de design de produto.

A pesquisa da Accenture Produção Inteligente: Descobrindo uma forma de ir além – Como fabricantes podem obter o máximo da Internet Industrial das Coisas mostra que a manutenção preditiva de ativos pode reduzir em até 12% os custos de consertos regulares, diminuir os custos gerais de manutenção em até 30% e resultar em até 70% menos avarias.

"Os recursos digitais, a vasta gama de relacionamentos com clientes com as principais empresas industriais e a experiência comprovada em sistemas de integração da Accenture fazem com que ela seja uma valiosa aliada para a Siemens e os nossos clientes", afirma Ralf-Michael Wagner, líder de Serviços de Dados de Planta na Siemens. "Nossa colaboração nos permitirá aproveitar o nosso ecossistema relacionado com o MindSphere para os clientes atuais e futuros."

Para Patrick Vollmer, diretor executivo da Accenture, "a mudança para o digital está pressionando mais as empresas industriais para garantir que seus dados de produção contribuam para o sucesso da empresa. A vasta experiência da Accenture em análise industrial, monetização de dados e internet industrial de coisas está sendo aplicada para criar o melhor uso do MindSphere e a implementação de dados orientados por processos de negócios para criar uma nova gama de serviços para os OEMs e seus clientes".

A Accenture está começando a trabalhar com os clientes do MindSphere para ajudar a definir as oportunidades de negócios usando dados de ativos de produção e definindo novos serviços de negócios. A Accenture está aplicando sua ampla gama de capacidades de consultoria, digital, análise e integração de sistemas para esses clientes. A Siemens designou a Accenture como um dos integradores de sistemas de preferência para o MindSphere.

O MindSphere foi concebido como um ecossistema aberto para otimizar o desempenho da planta através da coleta e análise de grandes conjuntos de dados na indústria. O MindSphere também forma a base para aplicativos e serviços baseados em dados da Siemens, como para a manutenção preditiva de maquinaria (machine tool analytics – análise de maquinaria) ou sistemas de acionamento integrados (drive train analytics – análise de transmissão).