Negócios > Fusões e Aquisições

Accenture adquire participação minoritária na 1QBit, empresa de computação quântica

Com a transação, as companhias vão investir na inovação para criação de novas inteligências em analytics de computação quântica

13 de Dezembro de 2017 - 15h59

A Accenture, por meio de sua divisão Accenture Ventures, adquiriu participação minoritária na 1QBit, empresa de computação quântica com sede em Vancouver, no Canadá. Em comunicado, a consultoria diz que a transação ajudará a expandir as suas capacidades em analytics envolvendo computação quântica, o que “anuncia uma nova era de inteligência para negócios e organizações”. Os termos financeiros do negócio não foram revelados.

Além disso, as duas empresas formaram uma aliança estratégica em que a 1QBit dará preferência à Accenture na integração de sistemas. A consultoria também foi autorizada a usar a plataforma da 1QBit para demonstrações, treinamentos, desenvolvimento e testes de suas ferramentas e recursos. A Accenture irá alavancar sua aliança com a 1QBit para desenvolver capacidades de analytics inspiradas em computação quântica por meio da Accenture Analytics e escalonar oportunidades piloto identificadas pelo Accenture Labs.

Analytics inspirados em computação quântica potencializam o poder e as propriedades da computação quântica para identificar problemas nas empresas por meio de comandos mais rápidos do que na computação tradicional.

A 1QBit constrói softwares quânticos e inspirados na tecnologia quântica para ajudar as organizações na solução de seus maiores desafios computacionais. Sua equipe interdisciplinar é formada por matemáticos, físicos, químicos, desenvolvedores de software e especialistas em computação quântica que desenvolvem novas soluções para diversos problemas, desde a pesquisa até o desenvolvimento comercial da aplicação.

No início do ano, a Accenture e a 1QBit anunciaram uma colaboração com a Biogen para o desenvolvimento de um aplicativo pioneiro de comparação molecular, capaz de acelerar a descoberta de medicamentos para condições neurológicas complexas, como esclerose múltipla, doença de Alzheimer, Parkinson e Lou Gehrig.

"Com o fortalecimento da relação com a 1QBit, a Accenture tem uma oportunidade significativa para aumentar sua vantagem, uma vez que somos pioneiros na aplicação de computação quântica para o desenvolvimento de inovações revolucionárias que irão ajudar nossos clientes a resolverem os seus desafios de negócios mais complexos," afirma Paul Daugherty, CIO e diretor de inovação da Accenture.