Segurança

6 tendências sobre segurança e gerenciamento de riscos

Gartner destaca o papel importante da segurança no desenvolvimento dos negócios e também os possíveis ganhos trazidos pela adoção de soluções em cloud e machine learning

03 de Julho de 2018 - 17h04

O Gartner divulgou uma lista com seis tendências emergentes relativas à segurança e ao gerenciamento de risco, que podem ajudar os líderes do segmento e suas empresas a adotarem melhores práticas e garantir a proteção das suas informações.

Entre outros itens, a lista destaca o papel cada vez mais importante da segurança e da privacidade no desenvolvimento dos negócios e também os possíveis ganhos trazidos pela adoção de soluções baseadas em cloud e machine learning neste segmento.

Confira abaixo as seis tendências emergentes sobre segurança e gerenciamento de riscos divulgadas pela consultoria.

1. Os executivos seniores de negócios estão finalmente se conscientizando que a cibersegurança possui um impacto significativo sobre a habilidade de alcançar os objetivos de negócios e proteger a reputação corporativa.

“As organizações de segurança precisam capitalizar sobre essa tendência ao trabalhar de forma mais próxima com as lideranças de negócios e conectar claramente as questões de segurança com as iniciativas de negócios que poderiam ser afetadas”, afirma o VP de pesquisas da Gartner, Peter Firstbrook.

2. Determinações legais e regulatórias sobre as práticas de proteção de dados estão impactando os planos de negócios digitais e exigindo uma ênfase maior sobre responsabilidade de dados.

“Não é surpresa que, à medida que o valor dos dados aumentou, o número de vazamentos também cresceu”, explica Firstbrook. “Nesta nova realidade, programas completos de gerenciamento de dados – não apenas compliance – são essenciais, à medida que são totalmente compreendidas as responsabilidades potenciais envolvidas na manipulação de dados.”

3. Os produtos de segurança estão explorando rapidamente a entrega por cloud para fornecer soluções mais ágeis.

“Evite tomar decisões de investimentos desatualizadas. Busque por fornecedores que proponham serviços cloud-first, que possuam um sólido gerenciamento de dados e competências de Machine Learning (ML), e que possa proteger seus dados pelo menos tão bem quanto você pode”, diz Firstbrook.

4. O Machine Learning está fornecendo valor em tarefas simples e elevando eventos suspeitos para análise humana.

“Olhe para como o ML pode resolver problemas estreitos e bem definidos de conjuntos, como classificar arquivos executáveis, e tome cuidado para não ser enganado pelo hype”, afirma o analista da Gartner.

5. As decisões de compra de segurança são cada vez mais baseadas em fatores geopolíticos juntamente com as considerações tradicionais de compra

Em seu comunicado, a consultoria cita como exemplos da tendência as proibições recentes do governo dos EUA contra empresas da Rússia e da China. “É vital levar em conta as considerações geopolíticas de parceiros, fornecedores e jurisdições que sejam importantes para a sua empresa”, destaca Firstbrook.

6. Concentrações perigosas de poder digital estão levando a esforços de descentralização em vários níveis do ecossistema

“Avalie as implicações de segurança da centralização de disponibilidade, confidencialidade e responsabilidade dos planos de negócios digitais. Então, caso o risco da centralização possa ameaçar seriamente os objetivos da empresa, busque explorar uma arquitetura alternativa descentralizada”, sugere Firstbrook.

>Siga a Computerworld Brasil também no Twitter Facebook