Telecom > Wireless

4G atinge 2,16 bilhões de conexões no primeiro trimestre

Participação da tecnologia LTE no mercado global subiu para 28% na comparação com todas as outras tecnologias móveis, o que representa um aumento de 11 pontos percentuais em um ano

14 de Junho de 2017 - 18h02

A participação da tecnologia LTE (4G) no mercado global no primeiro trimestre deste ano subiu para 28% na comparação com todas as outras tecnologias móveis sem fio, o que representa um aumento de 11 pontos percentuais em um ano. No mundo inteiro, a LTE contabilizou 2,16 bilhões de conexões no período, agregando 863 milhões de novas conexões 4G em apenas um ano, de acordo com estudo encomendado à Ovum pela 5G Americas, associação setorial que representa operadoras, fornecedores e as instituições alinhada às tecnologias 5G e LTE.

Segundo o relatório, a região da América do Norte registrou 308,5 milhões de assinaturas 4G até o fim de março, com algumas das maiores taxas de penetração e a maior cobertura e participação de mercado no mundo.  Na América Latina, o número de conexões 4G dobrou de 68,6 milhões no primeiro trimestre de 2016 para 139,8 milhões, e a sua participação de mercado aumentou 100%, de 9,7% para 20% (veja gráfico abaixo).

Em termos globais,  a 4G deve manter a trajetória de crescimento e atingir 2,5 bilhões de conexões até o fim do ano, 3 bilhões em 2018 e 4,2 bilhões em 2020, segundo a Ovum. A 5G deve começar a acumular conexões tangíveis a partir de 2020 e deve registrar 25 milhões de conexões no mundo inteiro até 2021.

“Isso representa um grande avanço no desenvolvimento da tecnologia 5G por operadoras, fornecedores e as instituições criando os padrões 3GPP”, disse Chris Pearson, presidente da 5G Americas. “Mesmo assim, a LTE ainda está demonstrando muito progresso em termos globais, oferecendo uma plataforma para a banda larga móvel sem fio com capacidades avançadas que está atraindo um número crescente de assinantes.”